sicnot

Perfil

Desporto

Van Gaal "muito desiludido" por não cumprir plano de três anos no Manchester United

O holandês Louis van Gaal manifestou-se hoje "muito desiludido" por não ter podido cumprir o seu plano de trabalho de três anos no Manchester United, clube da liga inglesa de futebol que anunciou o despedidmento do treinador.

Louis Van Gaal

Louis Van Gaal

© Reuters Staff / Reuters

"Acredito que as bases estão que há bases firmes para permitir ao clube andar em frente e alcançar grandes sucessos", lê-se num comunicado do técnico, que manifesta "honra por ter treinado um clube magnífico como o Manchester United".

Van Gaal fois dispensado dois dias depois de ter conquistado a Taça de Inglaterra, único troféu conseguido nos dois anos em que permaneceu no clube, e o português José Mourinho, ex-treinador do Chelsea, é apontado como seu sucessor.

"Tenho um orgulho imenso por ter ajudado o United a ganhar Taça de Inglaterra pela 12.ª vez. Tive o privilégio durante a minha carreira de ganhar 20 troféus, mas ganhar a Taça de Inglaterra, que está repelta de história, será um dos feitos mais especiais da miha carreira", disse Van Gaal.

Lusa

  • Esquerda contra a venda do Novo Banco
    1:51

    Economia

    O futuro do Novo Banco promete agitar a maioria de esquerda nas próximas semanas. O Bloco de Esquerda e o PCP estão contra os planos de privatização e insistem que a solução é nacionalizar o banco. O Bloco de Esquerda defende que privatizar 75% é o pior de dois mundos. Já o PCP diz que o banco deve ser integrado no setor público.

  • Vídeo amador mostra destruição na Síria
    1:04

    Mundo

    A guerra na Síria continua a fazer vítimas mortais. Um vídeo amador divulgado esta segunda-feira mostra o estado de uma localidade a este de Damasco, depois de um ataque aéreo no fim-de-semana. No ataque, 16 pessoas morreram e há várias dezenas de feridos.

  • Pescador resgatado de um lago gelado na Estónia
    1:08
  • Banco do Metro com pénis gera polémica no México

    Mundo

    Um banco em formato de homem com o pénis exposto, numa das carruagens de Metro da Cidade do México, está a gerar polémica. A iniciativa integra uma campanha contra o assédio sexual de que as mulheres são vítima no país.