sicnot

Perfil

Desporto

Adepto de futebol italiano condenado a 26 anos de prisão por matar um rival

Um tribunal sentenciou hoje um dos mais violentos adeptos italianos a 26 anos de prisão, considerando-o culpado pela morte de um rival, antes da disputa da final da Taça de Itália de futebol.

© Tony Gentile / Reuters

Daniele De Santis, um 'ultra' da AS Roma, foi condenado por ter disparado sobre Ciro Esposito, que faleceu 53 dias depois, durante os confrontos com os adeptos do Nápoles, que se encontravam na capital italiana para assistirem à final da Taça, que oporia os napolitanos à Fiorentina, em 2014.

Os advogados de De Santis argumentaram, sem sucesso, que o autor dos disparos tê-lo-ia feito "em defesa própria", tendo visto o juiz sentenciar ainda o pagamento de uma indemnização à família de Esposito.

"Perdoei o Daniele no dia a seguir aos confrontos, nunca senti ódio por ele, apenas reclamei justiça", disse a mãe de Esposito, Antonella Leardi, aos repórteres após a leitura da sentença.

O juiz sentenciou ainda dois adeptos do Nápoles, envolvidos nos incidentes violentos ocorridos no bairro Tor di Quinto, em Roma, a oito meses de prisão, menos do que os três anos solicitados pela acusação.

Durante os incidentes, cinco polícias ficaram feridos, a partida foi atrasada cerca de 45 minutos e acabou com a vitória do Nápoles, por 3-1, após 90 minutos quase em silêncio.

Lusa

  • Adeptos não devem transformar frustação em agressividade
    4:41

    Desporto

    Sporting ou Benfica vão festejar este domingo a conquista do campeonato nacional de futebol. Fora das quatro linhas, em jogo, estão sempre muitas emoções: explosões de alegria ou a mais profunda das desilusões. Porque um adepto deve estar preparado para tudo é importante saber lidar com a frustação. A psicóloga Margarida Cordo deixou algumas dicas na Edição da Noite da SIC Notícias: "não transformar a frustação em agressividade, porque às vezes a frustação é uma oportunidade de exprimirmos sentimentos negativos de outra ordem que nada têm a ver com o futebol".

  • "A nossa lei tem demasiados buracos"
    0:44

    País

    Rui Cardoso acusa a classe política de não querer resolver os problemas da corrupção em Portugal. Entrevistado na Edição da Noite da SIC Notícias o magistrado do Ministério Público considera que ainda há um longo caminho a percorrer no combate à corrupção.

  • Salah Abdeslam deixa cadeira vazia na leitura da sua sentença
    2:05

    Mundo

    O único suspeito vivo dos ataques de Paris em 2015 foi esta segunda-feira condenado a 20 anos de prisão por um tribunal belga, num processo paralelo: um tiroteio em março de 2016, em Bruxelas. Tanto Salah Abdeslam como o cúmplice não quiseram estar na leitura da sentença. O julgamento de Salah Abdeslam pelos ataques de Paris só deverá acontecer no próximo ano, em França.

  • Beyoncé e a irmã caem e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC

  • Cientistas querem sequenciar genomas de 15 milhões de espécies

    Mundo

    Um consórcio internacional de cientistas, que por enquanto não inclui portugueses, propõe-se sequenciar, catalogar e analisar os genomas (conjuntos de informação genética) de 15 milhões de espécies, uma tarefa que levará dez anos a fazer, foi divulgado esta segunda-feira.