sicnot

Perfil

Desporto

Rússia anuncia afastamento de atletas com historial de doping dos Jogos Olímpicos

A Federação Russa de Atletismo (FRA) anunciou esta terça-feira que os atletas russos que tenham recorrido a substâncias dopantes serão impedidos de representar o país nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, com início a 5 de agosto.

© Jim Young / Reuters

A medida faz parte das alterações introduzidas pela FRA aos critérios de seleção dos membros da equipa olímpica nacional, que terão ainda de ser aprovados pelo Comité Olímpico da Rússia.

"A FRA tomou esta decisão difícil com um objetivo: tudo fazer para que os atletas sem historial de recurso ao doping possam participar nos Jogos Olímpicos de 2016", indica a organização, em comunicado, sem especificar se a medida abrange os atletas que tiveram controlos positivos, mas que entretanto já cumpriram a correspondente sanção.

"Fizemos um trabalho enorme para possibilitar aos atletas russos voltarem a competir na arena internacional", comentou a FRA em comunicado.

Hoje, a televisão russa Match TV revelou os nomes de 14 desportistas russos que figuram na lista de novos casos positivos de doping nos Jogos Olímpicos Pequim2008, oito dos quais medalhados na competição.

Onze dos 14 atletas são federados da FRA, incluindo Anna Chicherova (bronze no salto em altura em 2008 e ouro em Londres 2012), Anastasia Kapachinskaya e Tatyana Fírova (vice-campeãs em estafeta 4x400 m), Denis Nizhegorodov (bronze nos 50 km marcha em 2008 e prata em 2004) e Maria Abakumova (prata no lançamento do dardo).

Da lista fazem também parte Ekaterina Volkova (prata nos 3.000 m obstáculos), Inga Abitova (campeã da Europa de 10 km marcha em 2005 e 2006), Yulia Chermoshanskaya (campeã da Europa de 4x400 m em 2010 e 2011), Alexander Pogorélov (bronze no decatlo nos Mundiais em Berlim 2009), Denis Alekseev (4x400 m) e Ivan Yushkov (lançamento do peso).

Em novembro de 2015, uma comissão independente da Agência Mundial Antidoping (AMA) elaborou um relatório que denunciou "doping organizado" em grande escala na Rússia, o que levou a Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF) a suspender a filiada russa de todas as competições internacionais.

O organismo decidirá a 17 de junho se a Rússia é readmitida com todos os direitos no atletismo internacional.

Em março, a IAAF já tinha adiado para maio uma "decisão definitiva" sobre a situação, que tem impedido a presença de atletas russos em competições internacionais e levou a novas localizações para eventos que estavam atribuídos à Rússia.

Na ocasião, foi dito que a federação russa ainda tinha meses de trabalho pela frente para cumprir todos os critérios de luta antidopagem.

Por imposição da IAAF, a Rússia elegeu novo presidente para a federação, alterou o funcionamento a agência antidopagem do país e afastou os treinadores envolvidos na dopagem maciça.

Desde o início do ano, a AMA contabilizou 172 casos de doping por meldonium, entre ao quais cerca de 40 atletas russos, entre eles a tenista Maria Sharapova, desde que a substância começou a fazer parte da lista de substâncias proibidas.

Lusa

  • Drone inglês evita execução do Daesh na Síria
    2:08

    Mundo

    A Força Aérea britânica divulgou esta terça-feira um vídeo que mostra um drone a parar uma execução pública que estaria prestes a acontecer às mãos do Daesh, na Síria. As imagens, apesar de cortadas pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, mostram várias pessoas na rua, uma explosão e, depois, a fuga.

  • Atrás das Câmaras em Fátima
    2:48
  • Como fazer negócios no mercado dos leilões
    7:15
  • PS quer reconquistar poder em Vila Viçosa
    2:06

    Autárquicas 2017

    Ana Catarina Mendes insistiu na ideia de que o PSD escolheu um modo perigoso de fazer campanha, ao insistir nas críticas à lei da imigração. Ana Catarina Mendes, secretária-geral adjunta do PS, esteve esta quarta-feira em campanha no distrito de Évora.

  • Troca de argumentos entre Medina e Cristas marca campanha em Lisboa
    2:34

    Autárquicas 2017

    Esta quarta-feira o dia de campanha em Lisboa ficou marcado por uma troca de argumentos entre Fernando Medina e Assunção Cristas. O atual presidente da Câmara acusa a candidata do CDS de não respeitar os lisboetas por admitir que pode não exercer o cargo de vereadora até ao fim do mandato. Já Assunção Cristas garante que se for eleita cumpre o mandato até ao fim.

  • "Não toleramos ameaças de ninguém"
    2:13
  • Número de tartarugas marinhas está a aumentar

    Mundo

    O número de tartarugas marinhas está a crescer, levando investigadores a considerar que os esforços para salvar estes animais são uma "história de sucesso da conservação global", indica um estudo divulgado esta quarta-feira.

  • Tubarões vivem mais tempo do que se pensava

    Mundo

    Uma revisão de dados sobre avaliação da idade dos tubarões revela que muitas espécies têm maior longevidade do que se pensava, o que poderá obrigar a uma revisão dos planos de conservação das mais ameaçadas.

  • Como mudar um templo com 135 anos e 2 mil toneladas... de lugar

    Mundo

    Um templo budista do século XIX é um dos mais populares em Xangai, na China. Visitado diariamente por milhares de pessoas, precisava de ser relocalizado para evitar que uma tragédia acontecesse. E mesmo pesando cerca de duas mil toneladas, a missão acabou por se provar possível.

  • Casal morre com horas de diferença depois de 75 anos de casamento

    Mundo

    George e Jean Spear morreram no passado dia 15 de setembro, no hospital de Queensway Carleton, em Ottawa (Canadá), depois de terem celebrado 75 anos de casamento em agosto. A britânica de 94 anos conheceu o candaniano em 1941, num salão de bailes, em Londres. George Spear servia as Forças Armadas durante a Segunda Guerra Mundial.

    SIC