sicnot

Perfil

Desporto

Luciano Gonçalves promete lutar por uma maior "credibilização e transparência" da arbitragem

Luciano Gonçalves foi hoje empossado como o novo presidente da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF) para o quadriénio de 2016-2019, pretendendo lutar por uma maior credibilização do setor.

(SIC/Arquivo)

(SIC/Arquivo)

"O nosso principal objetivo é lutar por uma maior credibilização e transparência do setor da arbitragem", prometeu Luciano Gonçalves, que sucede a José Gomes como líder da APAF e que vai presidir a um organismo com 37 anos de existência e cerca de 3.200 associados.

Na cerimónia que decorreu na sede da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), o dirigente disse ter "orgulho no passado da associação e confiança no futuro".

"Sabemos que nada conseguiremos sem o apoio dos nossos associados", adiantou Luciano Gonçalves.

O novo dirigente máximo da associação dos árbitros elogiou o "fantástico trabalho" realizado pelo anterior presidente da APAF, José Gomes, e está de acordo com a intenção de Fernando Gomes, presidente da FPF, em tornar públicos os relatórios dos árbitros após cada jornada e na criação de um novo sistema de classificação dos mesmos.

"Somos favoráveis à divulgação pública dos relatórios dos jogos e pugnamos por um novo sistema de classificação que distinga o trabalho regular dos juízes. Temos um grupo de jovens árbitros muito promissor e de qualidade", sublinhou Luciano Gonçalves.

O novo líder da APAF pretende manter um bom diálogo com o Conselho de Arbitragem da FPF e recordou que Vítor Pereira foi um excelente árbitro, um ótimo formador, mas nem sempre conseguiu ser um "bom dirigente".

Luciano Gonçalves faz da construção de uma nova sede para a APAF um dos principais objetivos do seu mandato.

"Sentimos a importância de angariar uma nova sede. Conto com o contributo de todos, dentro do lema da nossa campanha - Uma APAF para frente e para todos", concluiu.

Fernando Gomes, presidente da Federação Portuguesa de Futebol, prometeu um diálogo franco e aberto com os árbitros e elogiou o papel protagonizado por José Gomes, o anterior líder da APAF.

"Desempenhou um papel determinante nos últimos quatro anos na defesa intransigente do setor da arbitragem", vincou.

Gomes, que se recandidatou a um novo mandato para os próximos quatro anos e que vai a votos no próximo dia 4 de junho, destacou novamente alguns dos principais pressupostos do seu manifesto eleitoral: "Vamos introduzir o vídeo-árbitro de uma forma ainda experimental, reformular a classificação dos árbitros e tornar púbicos, após cada jornada, os relatórios dos árbitros. Tudo em prol de uma maior transparência e credibilização do futebol".

Lusa

  • Partidos vão apresentar propostas alternativas à descida da TSU
    2:52

    TSU

    O Presidente da República defende a redução da Taxa Social Única mas deixa a porta aberta a outra via para compensar o aumento do salário mínimo. PCP e Bloco de Esquerda insistem que não pode haver contrapartidas que estimulem os salários baixos mas admitem outras formas de aliviar as empresas. À direita, também o CDS irá apresentar propostas.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.