sicnot

Perfil

Desporto

Fernando Santos com todos os jogadores à disposição antes de rumar a Londres

A seleção portuguesa de futebol, que continua a preparar a participação no Euro2016, realizou hoje mais um treino da Cidade do Futebol, em Oeiras, num apronto em que Fernando Santos teve todos os jogadores disponíveis à disposição.

arquivo reuters

O técnico contou, assim, com 21 dos 23 atletas convocados para a fase final, entre os quais os titulares da partida com a Noruega, que na véspera tinham ficado no ginásio, a fazer recuperação.

De resto, nos 15 minutos de treino abertos aos jornalistas, todos trabalharam sem limitações, com vista ao particular de quinta-feira, diante da Inglaterra, no Estádio de Wembley.

Nesse período, os 18 jogadores de campo foram divididos em duas equipas de nove elementos cada e realizaram um exercício de troca de bola em meio-campo, sendo que uma das equipas foi composta pelos previsíveis titulares em Londres: Vieirinha, Ricardo Carvalho, Bruno Alves, Eliseu, Danilo, João Moutinho, João Mário, Adrien e Rafa.

Neste momento, Fernando Santos apenas não pode contar com Cristiano Ronaldo e Pepe, que no sábado venceram a Liga dos Campeões com o Real Madrid e só se juntarão à comitiva lusa no domingo.

Na quinta-feira, Portugal defronta a Inglaterra, no Estádio de Wembley, em Londres, no segundo teste para o Europeu.

No primeiro, no Estádio do Dragão, no Porto, a seleção nacional bateu domingo a Noruega com golos de Ricardo Quaresma (13 minutos), Raphael Guerreiro (65) e Éder (70).

Ainda antes de viajar para França, Portugal defronta a Estónia, a 08 de junho, no Estádio da Luz.

No Euro2016, a seleção nacional vai disputar o Grupo F com Islândia, Áustria e Hungria

  • Portugal prepara particular com a Inglaterra

    Euro 2016

    A seleção portuguesa continua hoje a preparação para a fase final do Euro 2016 de futebol com mais um treino na Cidade do Futebol, tendo agora em vista o particular com a Inglaterra, agendado para quinta-feira, em Londres.

  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • "Foi um golpe muito forte"
    1:41
  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • SIC acompanhou Francisco George no último dia como diretor-geral da Saúde
    6:20