sicnot

Perfil

Desporto

Surfista amputada consegue primeiro pódio em provas do circuito mundial

A surfista norte-americana Bethany Hamilton, que não tem o braço esquerdo, chegou hoje pela primeira vez às meias-finais de uma prova do circuito mundial, ao terminar na terceira posição o Fiji Women's Pro.

AP

Bethany Hamilton, que perdeu o braço em 2003 depois de ter sido atacada por um tubarão, beneficiou de um 'wild card' para disputar a prova nas Fiji.

A norte-americana, de 26 anos, eliminou na segunda ronda a australiana Tyler Wright, número um mundial, e bateu na terceira a também australiana Stephanie Gilmore, detentora de seis títulos mundiais.

Hamilton, que tinha como melhor registo em provas do circuito mundial um nono lugar, alcançado em 2010 em Peniche, foi apenas derrotada pela francesa Johanne Defay, que viria a vencer a quinta etapa do circuito.

A história de vida de Bethany Hamilton serviu de inspiração ao filme 'Soul Surfer' (Coragem de Viver), protagonizado por Dennis Quaid e Helen Hunt.

  • Este texto é sobre o bom senso. O bom senso que faltou a Passos Coelho quando, esta manhã, depois de uma visita pelas áreas ardidas de Pedrógão Grande, decidiu falar em suicídios. Passos não se referiu a tentativas, mas sim a atos consumados. Deu certezas. Disse que tinha conhecimento de “pessoas que puseram termo à vida” porque “que não receberam o apoio psicológico que deviam.”

    Bernardo Ferrão

  • Simplex+2017 promete simplificar burocracia
    1:08

    País

    Já está online o novo Simplex+2017, que vai simplificar a vida dos cidadãos, empresas e administração pública. Pagar impostos com cartão de crédito e ter o cartão de cidadão ou a carta de condução no telemóvel são alguns exemplos do que está previsto.

  • Homem fala ao telefone com o filho que pensava estar morto

    Mundo

    Um norte-americano que tinha estado presente no funeral do filho recebeu, 11 dias depois, uma chamada telefónica de um homem que o pôs em contacto... com o filho que havia enterrado semana e meia antes. Tudo por causa de um erro do gabinete de medicina legal.