sicnot

Perfil

Desporto

Surfista amputada consegue primeiro pódio em provas do circuito mundial

A surfista norte-americana Bethany Hamilton, que não tem o braço esquerdo, chegou hoje pela primeira vez às meias-finais de uma prova do circuito mundial, ao terminar na terceira posição o Fiji Women's Pro.

AP

Bethany Hamilton, que perdeu o braço em 2003 depois de ter sido atacada por um tubarão, beneficiou de um 'wild card' para disputar a prova nas Fiji.

A norte-americana, de 26 anos, eliminou na segunda ronda a australiana Tyler Wright, número um mundial, e bateu na terceira a também australiana Stephanie Gilmore, detentora de seis títulos mundiais.

Hamilton, que tinha como melhor registo em provas do circuito mundial um nono lugar, alcançado em 2010 em Peniche, foi apenas derrotada pela francesa Johanne Defay, que viria a vencer a quinta etapa do circuito.

A história de vida de Bethany Hamilton serviu de inspiração ao filme 'Soul Surfer' (Coragem de Viver), protagonizado por Dennis Quaid e Helen Hunt.

  • O impacto e as consequências do referendo em Itália
    1:02
  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.