sicnot

Perfil

Desporto

Etíope Almaz Ayana faz segunda melhor marca da história nos 5.000 metros

A atleta etíope Almaz Ayana conseguiu hoje a segunda melhor marca da história nos 5.000 metros, ao correr a distância em 14.12,59 minutos durante o 'meeting' de Roma da Liga Diamante.

© Ruben Sprich / Reuters

No Estádio Olímpico de Roma, Ayana já assumiu que acredita que vai conseguir bater o recorde do mundo da sua compatriota Tirunesh Dibaba, que, há oito anos, conseguiu uma marca de 14.11,15 minutos.

Nos 3.000 metros obstáculos, numa corrida dominada por quenianos, Conseslus Kipruto conseguiu a melhor marca mundial do ano, com 8.01,41 minutos.

Na sempre aguardada prova dos 100 metros, o norte-americano Justin Gatlin foi o vencedor, em 9,93 segundos, à frente do compatriota Ameer Webb (9,94), que bateu o seu recorde pessoal.

Também a jamaicana Janeive Russel, nos 400 metros barreiras (53,96 segundos), e a sul-africana Caster Semenya, nos 800 metros (1.56,64 minutos), fizeram melhores marcas mundiais do ano.

Lusa

  • França vence o Peru e apura-se para os oitavos de final do Mundial

    Mundial 2018 / França

    A França venceu o Peru num encontro da 2.ª jornada do grupo C do Mundial 2018. Aos 34 minutos, Pogba passou para Giroud na esquerda, que tentou de pronto o remate, mas a bola saiu prensada por um defesa e chegou até à boca da baliza, onde apareceu Mbappé que praticamente só tem que encostar para pôr a França em vantagem no marcador. Ainda na primeira parte, Lucas Hernández tentou, por duas vezes consecutivas, marcar o segundo golo da França. Na segunda parte, o peruano Farfán ainda rematou várias vezes à baliza de Hugo Lloris, mas sem êxito.

  • Colisão mortal no IC1 perto da Marateca
    1:51
  • Portugal e Espanha empatados em tudo... menos nos amarelos
    1:42
  • Fase de grupos é o "momento mais crítico", diz Fernando Santos
    0:21