sicnot

Perfil

Desporto

Advogado de Jorge Jesus diz que acordo com o Benfica é pouco provável

O advogado de Jorge Jesus no processo em que o Benfica exige uma indemnização de 14 milhões de euros ao atual treinador de futebol do Sporting, afirmou hoje que é pouco provável um acordo entre as partes.

Paulo Duarte

"Não acredito. As posições estão muito extremadas. Isto torna muitíssimo difícil a hipótese de um acordo", disse Rogério Alves, antes de entrar para a audiência preliminar do julgamento, no Tribunal do Barreiro.

O advogado do Benfica João Correia, acompanhado pelo vice-presidente do clube Rui Gomes da Silva, admitiu a possibilidade de haver uma tentativa de conciliação, mas não deixou claro se acreditava nessa possibilidade.

Para João Correia, há muita matéria na acusação ao treinador português que conquistou mais títulos ao serviço do Benfica, mas ainda "pode haver uma tentativa de conciliação".

"Tudo é possível em tribunal", admitiu João Correia, ressalvando, no entanto, que há muitos pontos da acusação para serem discutidos entre as partes em litígio.

Ao contrário do que esperavam algumas dezenas de pessoas que se concentraram junto ao Tribunal do Barreiro, o ex-treinador do Benfica e atual técnico do Sporting não compareceu na audiência preliminar do julgamento, que, de acordo com Rogério Alves, deverá terminar ao final da manhã de hoje.

Lusa

  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Trump não escreve todos os tweets, mas dita-os

    Mundo

    O Presidente eleito dos EUA não escreve todos os tweets que são publicados na sua conta desta rede social, mas dita-os aos seus funcionários. Numa entrevista a um ex-secretário de Estado britânico, Donald Trump explica como usa a sua conta e garante que depois de ser investido Presidente, vai continuar a usar o Twitter para defender-se da "imprensa desonesta".

  • Depressão pode ser mais prejudicial para o coração do que a hipertensão

    Mundo

    Um estudo recente estabelece uma nova ligação entre depressão e distúrbios cardíacos. De acordo com a investigação publicada na revista Atheroscleroses, o risco de vir a sofrer de uma doença cardíaca grave é quase tão elevado para os homens que sofram de depressão, do que para os que tenham colesterol elevado ou obesidade, e pode mesmo ser maior do que para os que sofram de hipertensão.