sicnot

Perfil

Desporto

Equipa de refugiados nos Jogos Olímpicos com 10 atletas

O Comité Olímpico Internacional revelou a primeira equipa de refugiados a participar nos Jogos Olímpicos. A equipa terá 10 membros e 12 oficiais e irão competir sob a bandeira Olímpica.

A síria Yusra Mardini é uma das dez atletas da equipa de refugiados que vai competir nos Jogos Olímpicos de 2016.

A síria Yusra Mardini é uma das dez atletas da equipa de refugiados que vai competir nos Jogos Olímpicos de 2016.

© Fabrizio Bensch / Reuters

A equipa inclui cinco atletas do Sudão do Sul, dois da Síria, dois da República Democrática do Congo e um da Etiópia.

"Estes refugiados não têm casa, equipa, bandeira ou hino nacional", disse Thomas Bach, o presidente do Comité, naquilo que chamou de um "dia histórico".

"A criação desta equipa serve para lhes dar uma casa na cidade Olímpica, junto com todos os outros atletas que vêm de todos os cantos do mundo".

Os atletas, seis homens e quatro mulheres, vão competir em natação, judo e atletismo.

"O hino Olímpico vai ser tocado em sua honra e a bandeira Olímpica vai levá-los ao Estádio", disse Bach.

"Este pode ser o símbolo de esperança para todos os refugiados à volta do mundo."

"Eles vão mostrar ao mundo que apesar da tragédia que enfrentaram, qualquer pessoa pode contribuir para a sociedade, com talentos, competências e a força do espírito humano", Bach terminou o discurso, onde tentou chamar a atenção do mundo para o drama dos refugiados.

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.