sicnot

Perfil

Desporto

Sporting vai recorrer do caso dos "vouchers" para o Tribunal Arbitral do Desporto

O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, disse hoje que o clube vai recorrer para o Tribunal Arbitral do Desporto do arquivamento do caso dos 'vouchers' alegadamente oferecidos pelo Benfica a árbitros de futebol.

Bruno de Carvalho, presidente do Sporting.

Bruno de Carvalho, presidente do Sporting.

Andr\303\251 Kosters

"Quanto aos 'vouchers', o Sporting vai recorrer como é lógico. Vai recorrer para o Tribunal Arbitral do Desporto. Não podemos escamotear as coisas ou confundi-las", disse Bruno de Carvalho, que disse que o caso de Paulo Pereira Cristóvão nada tem a ver com o das ofertas aos árbitros.

Durante o 23.º aniversário do Núcleo de Alcobaça, o presidente 'leonino' voltou a afirmar que os jantares incluídos nos 'vouchers' não se encaixam em nenhuma das lembranças permitidas pelos regulamentos.

Na véspera das eleições da Federação Portuguesa de Futebol, Bruno de Carvalho disse dar nota 10 ao programa da recandidatura de Fernando Gomes à liderança do organismo, que integra várias propostas feitas pela direção do Sporting nos últimos três anos, como as tecnologias na arbitragem, uma maior transparência nos relatórios dos árbitros ou uma maior rapidez da justiça desportiva.

Contudo, Bruno de Carvalho criticou a permanência à frente do Conselho de Justiça de Manuel dos Santos Serra, "o homem que inventou o dolo sem intenção e que a dois dias das eleições deu um castigo ao Slimani".

"Então eu mudo as coisas no papel, todas bonitas, e depois quem as vai implementar são os mesmos. Porque é que não se percebe de uma vez por todas que o futebol português tem de mudar? E que se tem de alterar as pessoas que estão no futebol português?", disse.

O presidente do Sporting disse ainda estranhar que à pressa se deu um castigo "ridículo" a Slimani, depois de ter sido absolvido pelo Conselho de Disciplina, e se arquivou o processo dos 'vouchers'.

Bruno de Carvalho falou ainda das modalidades, considerando que o Sporting tem sido prejudicado em várias delas, deixando a possibilidade de 'fechar' algumas secções.

"Acabou Sporting submisso, exige respeito em todas as modalidades. Vamos fazer ouvir a nossa voz. O Sporting deu um murro na mesa e disse chega. O desporto será diferente se o Sporting abandonar modalidades. Só queremos competir de forma honesta. Se isso acontecer vamos ser campeões em todas. Precisam mais as federações do Sporting do que o Sporting das federações", referiu.

Lusa

  • Primeiro-ministro agradece sacrifícios dos portugueses
    0:46

    Economia

    O primeiro-ministro diz que os números do INE em relação ao défice de 2016 são prova de que havia uma alternativa e deixou uma palavra de agradecimento aos portugueses. As declarações de António Costa foram feiras aos jornalistas em Roma, onde se encontra para assinalar no sábado os 60 anos da União Europeia.

  • Jerónimo diz que UE vai continuar a causar constrangimentos a Portugal
    0:35

    Economia

    Esta sexta-feira na inauguração de uma exposição em Almada que denuncia a precariedade dos postos de trabalho, Jerónimo de Sousa falou sobre o défice de 2016. Para o secretário-geral do PCP, apesar do Governo ter ido além do exigido por Bruxelas, a União Europeia vai continuar a impedir Portugal de crescer.

  • Enfermeiros desconvocam greve

    País

    O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) desconvocou esta sexta-feira a greve geral nacional marcada para quinta e sexta-feira da próxima semana, anunciou o presidente da estrutura, justificando com os compromissos assumidos pelo Ministério da Saúde.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.

  • Probido fumar na praia? Não-fumadores aplaudem ideia
    1:33

    País

    O Comissário Europeu da Saúde defende uma proibição total do consumo de tabaco no espaço público. Esta e outras medidas foram defendidas, ontem, na Conferência Tabaco e Saúde da Liga Portuguesa Contra o Cancro. 

  • Visitar o Titanic vai custar 97 mil euros por pessoa

    Mundo

    Uma viagem a bordo do Titanic em 1912 era considerada uma viagem de luxo. Mais de 100 anos depois, continua a ser um luxo visitar o Titanic. Em 2018, vai ser possível conhecer os restos daquele que em tempos foi o maior navio do mundo. Contudo, nem todos vão poder fazê-lo, pois a viagem irá custar cerca de 97 mil euros por pessoa.