sicnot

Perfil

Desporto

Nuno Saraiva no judo e João Pedro Monteiro no ténis de mesa no Rio 2016

Nuno Saraiva, no judo, e João Pedro Monteiro, no ténis de mesa, vão reforçar a delegação portuguesa nos Jogos Olímpicos Rio2016, anunciou hoje o Comité Olímpico de Portugal (COP).

João Pedro Monteiro foi eliminado na segunda ronda do torneio de ténis de mesa / Reuters

João Pedro Monteiro foi eliminado na segunda ronda do torneio de ténis de mesa / Reuters

© Grigory Dukor / Reuters

Em comunicado publicado na sua página oficial na internet, o COP revela que a Federação Internacional de Judo "confirmou que Portugal tem seis judocas apurados para o Rio2016", permitindo a Nuno Saraiva (-73 kg) juntar-se a Telma Monteiro (-57kg), Joana Ramos (-52kg), Sergiu Oleinic (-66kg), Célio Dias (-90kg) e Jorge Fonseca (-100kg).

"Foi ainda ontem [sexta-feira] confirmado pela Federação Portuguesa de Ténis de Mesa que João Pedro Monteiro será o terceiro elemento da equipa masculina, juntando-se a Marcos Freitas e Tiago Apolónia", lê-se também na mesma nota.

Ainda no ténis de mesa, Portugal contará com mais dois representantes, na equipa feminina: Fu Yu e Shao Jieni.

Desta forma, 82 atletas portugueses, de 14 modalidades distintas, têm já presença garantida nos Jogos Rio2016, marca que supera o registo de há quatro anos, em Londres2012, quando Portugal teve 76 atletas em competição, de 13 modalidades diferentes.

Lusa

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a lider da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleiçoes em vários países, como a Alemanha e a Holanda.