sicnot

Perfil

Desporto

Artur Soares Dias considerado o melhor árbitro da Liga 2015/16

O portuense Artur Soares Dias foi o melhor árbitro da Liga 2015/16, da qual pode resultar a descida do internacional algarvio Sérgio Piscarreta, segundo as classificações esta segunda-feira reveladas pela Comissão de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol.

(Arquivo)

(Arquivo)

Paulo Duarte / AP

Os resultados indicam que Artur Soares Dias se estreia como melhor árbitro em Portugal, com uma média de 3,419, seguido de João Capela (3,395) e de Nuno Almeida (3,383).

Artur Soares Dias dirigiu esta época três clássicos e a final da Taça de Portugal.

Um ano depois de o internacional Marco Ferreira ter descido de categoria, agora é Sérgio Piscarreta, 20.º de uma lista de 21 avaliados, que pode seguir o mesmo caminho, embora ainda possa ser salvo pela próxima comissão de arbitragem, que toma posse na terça-feira e que vai ter de resolver as situações de Jorge Sousa e de Vasco Santos.

Ambos os árbitros, que tiveram diferentes períodos de lesão durante a época, ficaram sem classificação, pelo que a equipa que será liderada por José Fontelas Gomes vai ter de decidir o que fazer.

"A insuficiência de elementos classificativos recolhidos durante a época, para apuramento da classificação final, determinará a baixa de categoria", determina o ponto quatro do capítulo I das Normas Genéricas.

Ainda assim, o ponto seguinte diz que a norma pode não ser aplicada caso essa insuficiência "resulte de incapacidade para atuar por motivo de saúde, lesão ao serviço da arbitragem ou gravidez, comprovada por relatório médico e aceite por deliberação do Conselho de Arbitragem".

Será, pois, a nova equipa da arbitragem a decidir o que fazer, o que deixa vários profissionais na dúvida quanto ao seu futuro.

Sérgio Piscarreta foi 20.º com 3,227, apenas 'superado' por André Moreira (3,209) e antes de Cosme Machado (3,230), igualmente pendente da decisão quanto aos outros colegas de profissão.

Uma vez que Duarte Gomes abandonou a carreira, haverá mais um árbitro a subir, à semelhança do que sucedeu na época passada.

Nesta altura, o abandono de Pedro Proença, Olegário Benquerença e Paulo Baptista determinou a subia de seis 'juízes', nomeadamente três para substituir o trio que desceu e outros tantos para os que terminaram a carreira.

Assim sendo, Gonçalo Martins, Hélder Malheiro, João Mendes e João Borlido Matos serão os quatro árbitros a subir.

Lusa