sicnot

Perfil

Desporto

Halterofilistas russas medalhadas em Pequim2008 apanhadas com doping

As halterofilistas russas Martina Shainova e Nadejda Ievstiukhina, que conquistaram medalhas em Pequim2008, foram testadas positivo nesses Jogos Olímpicos, revelou hoje um dos treinadores.

© Oleg Popov / Reuters

"A amostra B revelou positivo para turinabol. Ainda não decidimos o que fazer. A Marina está a conversar com outros atletas. Os papeis quanto à decisão ainda não chegaram, mas é claro que agora vão tirar-lhe a medalha e desqualificá-la. A Evstyukhina está na mesma situação, tudo foi confirmado", disse o treinador Vladimir Shainov.

Shainova, de 30 anos, foi prata na categoria de 58 quilos: na carreira tem quatro títulos europeus, tendo-se retirado em 2015 devido a problemas de saúde.

Evstyukhina, de 28 anos, foi bronze em 75 quilos em Pequim2008 e tem no currículo três títulos mundiais e dois europeus.

Em maio, o Comité Olímpico da Rússia revelou que 14 dos seus atletas em Pequim2008 deram positivo por doping em novos testes às suas amostras durante os Jogos.

O Comité Olímpico Internacional (COI) anunciou que 31 atletas de 12 países falharam testes de doping depois de novas análises às amostras colhidas durante os Jogos Olímpicos Pequim2008.

Na segunda-feira, o COI revelou que 20 halterofilistas, 10 a competir nos Jogos Pequim2008 e outros tantos em Londres2012, alguns deles medalhados, tiveram reanálises antidoping anormais.

Lusa