sicnot

Perfil

Desporto

Liga admite que é inevitável alargar campeonato para integrar Gil Vicente

A Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) admitiu hoje que é inevitável alargar a I Liga para reintegrar o Gil Vicente, na sequência da decisão do Tribunal Administrativo de Lisboa sobre o 'Caso Mateus'.

"Dando o devido cumprimento à sentença do tribunal, o alargamento das competições é inevitável", refere a LPFP, em comunicado, após reunião extraordinária da direção do organismo.

A LPFP assegurou ainda não irá recorrer, acatando a decisão judicial, tal como anunciou na segunda-feira a Federação Portuguesa de Futebol (FPF), acrescentando ter decidido "levar o tema ao escrutínio soberano da Assembleia Geral de clubes, com caráter de urgência, a fim de se deliberar sobre o modelo competitivo a adotar em 2016/17".

Em agosto de 2006, o Gil Vicente, depois de ter assegurado a permanência, foi despromovido administrativamente à Liga de Honra, atual II Liga, devido à utilização do internacional angolano Mateus, quando o futebolista estava impedido por ter atuado com estatuto de amador, na época imediatamente anterior, ao serviço do Lixa.

Na nota, hoje publicada, a LPFP deixa, no entanto, claro que mantém uma estratégia que passa "inevitavelmente, por um emagrecimento das competições", situação que defende com o objetivo de "torná-las mais competitivas, atrativas e sustentáveis".

Neste sentido o organismo que gere futebol profissional em Portugal diz que, não obstante a "ligeira alteração de rumo" a que se vê obrigado, não abdicará e retomará "já na próxima época desportiva de 2017/18" a mesma estratégia, de redução.

"[Esta Direção] não hesitará em manter a continuidade do projeto delineado no início desta época desportiva para o quadriénio e aprovado em Assembleia Geral pelos clubes, deixando claro que, por unanimidade, se revê no princípio da valorização do mérito desportivo", explica em comunicado.

Na mesma informação, o organismo diz também que pretende vir a tomar "as medidas necessárias a obstar que, no futuro, ocorram situações análogas".

Para quarta-feira a LPFP tem agendada uma Assembleia Geral extraordinária da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), mas na qual estavam já previstos outros pontos de ordem.

A reunião magna, agendada para as 14:00, na sede da LPFP, no Porto, servirá para a apreciação, discussão e votação de propostas de alteração ao regulamento de arbitragem e ao regulamento disciplinar das competições organizadas pelo organismo

  • Primeiro eclipse solar 100% visível nos EUA em 38 anos
    0:40
  • "É muito importante que os EUA mostrem determinação política e militar"
    0:50

    Mundo

    Os exércitos da Coreia do Sul e dos Estados Unidos iniciaram hoje as manobras anuais numa altura marcada pela recente escalada de tensão entre Pyongyang e Washington. Para Miguel Monjardino, comentador da SIC, estes exercícios militares são encarados como uma provocação para a Coreia do Norte. Monjardino defende que é importante que os EUA mostrem determinação no atual clima de tensão nuclear.

  • Campanha eleitoral em Angola chega hoje ao fim

    Mundo

    Os candidatos às eleições gerais angolanas de quarta-feira terminam hoje um mês de campanha, com milhares de quilómetros percorridos, uma breve aparição de José Eduardo dos Santos e as possíveis coligações em destaque.

  • China prepara-se para inaugurar comboio mais rápido do mundo
    1:08
  • Morreu o rei da comédia
    2:08

    Cultura

    Um dos grandes nomes do humor norte-americano morreu ontem, aos 91 anos. Jerry Lewis era comediante, ator, argumentista, cantor e realizador. Considerado o rei da comédia, Lewis influenciou diferentes gerações de comediantes e foi defensor de várias causas humanitárias, entre as quais a distrofia muscular.

  • A insólita entrevista de Jerry Lewis que se tornou viral
    2:39

    Cultura

    Jerry Lewis concedeu no início deste ano uma entrevista insólita que se tornou viral nas redes sociais. O comediante decidiu, pura e simplesmente, não colaborar com o entrevistado. Lewis tinha na altura 90 anos e continuava a trabalhar, tendo participado no filme "Max Rose", em 2016.