sicnot

Perfil

Desporto

Mourinho e Eva Carneiro chegam a acordo no processo de disciminação

O treinador José Mourinho, do Manchester United, e a britânica Eva Carneiro chegaram hoje a acordo, em Londres, para resolver um processo de alegada discriminação sexual movido pela ex-médica ao Chelsea e ao português.

"Jon Fearn e Eva Carneiro não estarão no banco no domingo, mas isso não significa que não possam estar no futuro." (sobre o diferendo com a então médica do Chelsea Eva Carneiro - 14-08-2015)

"Jon Fearn e Eva Carneiro não estarão no banco no domingo, mas isso não significa que não possam estar no futuro." (sobre o diferendo com a então médica do Chelsea Eva Carneiro - 14-08-2015)

© Eddie Keogh / Reuters

Os termos finais do acordo não foram revelados uma vez que "as partes concordaram com a resolução deste litígio em termos confidenciais", revelou um representante do Chelsea no início de uma breve audiência, no tribunal do trabalho de Croydon.

"O clube lamenta as circunstâncias que levaram Eva Carneiro a deixar o clube e, sem reservas, pede desculpas a ela e à sua família todo o sofrimento causado", refere o Chelsea em comunicado.

A médica Eva Carneiro moveu uma ação contra o Chelsea, que a despediu, e uma outra contra José Mourinho, técnico que deixou os blues em dezembro, alegando comportamento discriminatório por parte do português.

Carneiro, que inicialmente terá recusado um acordo conjunto do Chelsea e do técnico português de 1,5 milhões de euros, manifestou-se "aliviada" pelo fim do processo, que rotulou de "desgastante" e "stressante".

A ex-médica do Chelsea alegava ter sido alvo de discriminação sexual por José Mourinho, que a terá insultado num jogo da Liga Inglesa, quando ela entrou no campo para assistir um jogador nos minutos finais do encontro.

Nos argumentos preliminares apresentados na segunda-feira foi feita uma explicação do insulto de José Mourinho, uma expressão que a defesa diz ser habitualmente utilizada pelo técnico e que não é valorizada.

O treinador José Mourinho, presentemente ao serviço do Manchester United, fez uma aparição inesperada ao lado presidente Chelsea, Bruce Buck, no Tribunal do Trabalho de Croydon, pouco antes do anúncio do acordo estabelecido com Eva Carneiro.

Lusa

  • Tiroteio no Mississipi provoca oito mortos
    1:23

    Mundo

    Oito pessoas morreram, incluindo um polícia, depois de um tiroteio no estado norte-americano do Mississipi, nos Estados Unidos da América. O suspeito, um homem de 36 anos, já foi detido, mas as autoridades dizem que ainda é cedo para saber os motivos.

  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40

    Economia

    Carlos Moedas diz que Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas a propósito da saída do procedimento por défice excessivo. Em entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, o comissário europeu levanta dúvidas sobre a renegociação da dívida e garante que a escolha de Mário Centeno para a liderança do Eurogrupo vai depender do entendimento dos países do euro.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Polícia usa gás lacrimogéneo para dispersar manifestantes contra cimeira do G7
    2:28

    Mundo

    A cimeira do G7 terminou este sábado com confrontos entre manifestantes e a polícia na ilha italiana da Sicília e sem o compromisso de Donald Trump sobre o Acordo de Paris para a redução de emissões de dióxido de carbono. O Presidente dos EUA fez saber na rede social Twitter que vai tomar a decisão final durante a próxima semana.