sicnot

Perfil

Desporto

FC Barcelona admite crime fiscal na contratação de Neymar

O FC Barcelona, as finanças e o ministério público chegaram a um acordo no caso da transferência do futebolista brasileiro Neymar, com o clube a admitir um crime fiscal e aceitar pagar uma multa de 5,5 milhões de euros.

O brasileiro, terceiro melhor jogador de 2015 para a FIFA, também tem processos a decorrer na justiça espanhola e brasileira pela sua transferência para o FC Barcelona, em 2013. (Arquivo)

O brasileiro, terceiro melhor jogador de 2015 para a FIFA, também tem processos a decorrer na justiça espanhola e brasileira pela sua transferência para o FC Barcelona, em 2013. (Arquivo)

© Yuya Shino / Reuters

Segundo fontes judiciais citadas pela agência EFE, o acordo inclui também o arquivamento das acusações contra o presidente do FC Barcelona, Josep Maria Bartomeu, e o ex-líder dos catalães Sandro Rosell, para quem eram pedidos dois anos e três meses de sete anos e seis meses de prisão, respetivamente.

O acordo extrajudicial deve ser ratificado ainda hoje pela direção do FC Barcelona, que tem uma reunião extraordinária marcada para a tarde.

Lusa

  • Corrida à Agência Europeia Medicamento "não é fácil", admite Costa
    0:50

    Brexit

    António Costa confirmou a apresentação da candidatura para a transferência da agência europeia do medicamento de Londres para Portugal. À margem da cimeira extraordinário sobre o Brexit, o primeiro-ministro salientou a importância da instalação do instituto no país para reforçar a competitividade no setor