sicnot

Perfil

Desporto

Argentina vence Bolívia e defronta Venezuela nos quartos da Copa América

A Argentina garantiu terça-feira o primeiro lugar do grupo D com uma vitória tranquila frente à Bolívia, por 3-0, e vai disputar os quartos de final da Copa América de futebol no sábado frente à Venezuela.

© USA Today Sports / Reuters

Os argentinos resolveram o encontro nos 32 minutos iniciais, sem Lionel Messi em jogo, dado que o jogador do FC Barcelona só entrou para a segunda parte, com golos de Erick Lamela, aos 13 minutos, Ezequiel Lavezzi, aos 15, e Victor Cuesta, aos 32.

A Bolívia, que com a derrota frente ao Chile já tinha sentenciado o seu afastamento, nunca demonstrou capacidade para contrariar a seleção da Argentina, que, após o 3-0, jogou a 'meio gás'.

O selecionador Gerardo Martino acedeu aos apelos dos adeptos e lançou Lionel Messi na segunda parte, mas, apesar de fortemente ovacionado sempre que tocava a bola, não marcou o golo que permitiria igualar o recorde de Batistuta.

Rendendo ao intervalo Higuain, Messi ainda procurou o golo em vários momentos, mas sem ter sido feliz, o mais flagrante dos quais na conversão de um livre em posição idêntica ao do golo obtido frente ao Panamá, que passou perto do ângulo superior esquerdo da baliza defendida por Carlos Lampe.

A Argentina, que com a vitória perante a Bolívia confirmou a primeira posição do grupo D, vai decidir sábado com a Venezuela a presença nas meias-finais da festiva edição do centenário da Copa América.


Lusa

  • Mação volta a enfrentar dias de pânico
    3:33
  • Fogo obrigou à evacuação de 6 aldeias do concelho do Sardoal
    1:56

    País

    O incêndio que chegou ao Sardoal obrigou à evacuação de seis aldeias. As pessoas foram encaminhadas para as instalações da Santa Casa da Misericórdia e vão regressando ao longo do dia de hoje. A A23 foi reaberta de madrugada, depois de ter estado várias horas cortada nos dois sentidos .

  • Detida no Brasil portuguesa acusada de várias burlas nos últimos 20 anos
    3:04

    Mundo

    A Polícia do Rio de Janeiro deteve uma portuguesa acusada de várias burlas nos últimos 20 anos. Ana Resende fazia-se passar por funcionária do consulado e prometia vistos e outros documentos para tirar dinheiro das vítimas. Esta é a terceira vez que a polícia brasileira detém a portuguesa por acusações de burla.