sicnot

Perfil

Desporto

Antigo futebolista Hakan Sukur julgado à revelia na Turquia

O antigo futebolista turco Hakan Sukur começou a ser julgado à revelia sob a acusação de insultos ao presidente do seu país, Recep Erdogan, nas redes sociais.

© Reuters Photographer / Reuter

O ex-avançado, internacional pela Turquia, é uma das milhares de pessoas, incluindo jornalistas, políticos e outras personalidades de várias áreas sociais que enfrentam controversos processos judiciais, todos acusados de insultar o chefe de Estado.

O advogado de Sukur, que pertenceu à seleção que conseguiu um terceiro lugar no Mundial de 2002, disse que o seu cliente emigrou para os Estados Unidos, de onde pode "prestar depoimento" se a defesa apresentada for considerada insuficiente.

Segundo a imprensa, Sukur terá acusado Erdogan de roubo, na rede social Twitter, em fevereiro de 2015, embora sem referir diretamente o seu nome, pelo que a procuradoria turca pede ao tribunal uma pensa de quatro anos de cadeia.

Sukur, que jogou entre 1987 e 2007, foi o melhor goleador da seleção da Turquia, com 51 golos marcados em 112 internacionalizações.

Em 2011 foi eleito deputado pelo Partido da Justiça e Desenvolvimento, liderado por Erdogan, mas resignou ao cargo dois anos depois, após uma vasta investigação a situações de corrupção que envolviam o atual presidente e o seu círculo mais próximo.

O presidente turco tem revelado pouca tolerância face às críticas nas redes sociais, na imprensa e nas ruas.

Lusa

  • ANACOM apresenta recomendações para melhorar redes de telecomunicações
    1:17

    País

    A ANACOM entregou um conjunto de recomendações ao Governo, Parlamento, municípios e operadores de telecomunicações. A autoridade reguladora em Portugal das comunicações eletrónicas propõe que os cabos aéreos de telecomunicações sejam substituídos por cabos subterrâneos, entre outras coisas. O objetivo é impedir que as redes fiquem em baixo perante incêndios ou outras catástrofes.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC