sicnot

Perfil

Desporto

Bruno de Carvalho esteve dez anos a preparar-se para ser presidente do Sporting

O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, disse hoje perante uma plateia de estudantes de vários cursos ligados ao desporto, que esteve dez anos a preparar-se para liderar o clube, aproveitando esse tempo para ganhar competências em várias áreas.

Bruno de Carvalho, presidente do Sporting.

Bruno de Carvalho, presidente do Sporting.

Andr\303\251 Kosters

Num resumo que fez aos alunos da Escola Superior de Desporto de Rio Maior, onde foi um dos oradores de um painel com o tema 'Como ter uma carreira de sucesso no desporto', Bruno de Carvalho explicou que começou por se licenciar em gestão, frequentou os cursos de 1.º e 2.º nível de treinador, envolveu-se na secção de hóquei em patins do clube, tendo ainda concluído o mestrado em gestão desportiva.

"Devemos ter caminhos muito bem definidos" e "acreditar no projeto de vida que estabelecemos para nós próprios", disse o líder 'leonino', rematando que o seu objetivo sempre foi "ser presidente do Sporting".

"Ser presidente de um clube com 47 modalidades não é fácil", continuou Bruno de Carvalho, afirmando que o mundo do desporto o absorve 24 horas por dia, o que o faz chegar a casa todos os dias "cansado mas satisfeito".

Visivelmente bem disposto, Bruno de Carvalho alertou os alunos para a pressão que rodeia, referindo que se para uns a pressão é adrenalina para outros é o caminho para a depressão.

"O desporto não é só o que se passa dentro das quatro linhas", disse o presidente sportinguista, aconselhando os alunos a acreditarem no seu valor e a não terem medo de ruturas.

Lusa

  • Atentado "falhado" em Nova Iorque
    1:43

    Mundo

    Uma explosão numa das zonas mais movimentadas de Manhattan fez quatro feridos, esta segunda-feira. Entre eles está o homem que transportava o engenho e que foi entretanto detido.

  • 10 Minutos com Leonor Beleza
    10:27

    10 Minutos

    A nossa convidada desta segunda-feira ainda é conhecida por ter sido ministra da Saúde e pelo seu trabalho à frente da Fundação Champalimaud. Mas desta vez vamos falar com Leonor Beleza sobre os 40 anos da revisão do Código Civil, em que esteve envolvida.

    Entrevista completa