sicnot

Perfil

Desporto

Tite é o substituto de Dunga na seleção brasileira

O treinador Adenor Leonardo Bacchi, conhecido por Tite, aceitou quarta-feira o convite para suceder a Carlos Dunga à frente da seleção brasileira de futebol, segundo o presidente do agora seu ex-clube, o Corinthians.

© Paulo Whitaker / Reuters

"Tite, a partir deste momento, já não trabalha mais para nós. Ele aceitou o convite de CBF (Confederação Brasileira de Futebol). Já fez o seu último treino", anunciou o presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, em conferência de imprensa.

O técnico havia recusado em duas ocasiões a oferta para dirigir a seleção brasileira, bem como para assumir a formação de sub-23, que disputará os Jogos Olímpicos Rio2016 como anfitriã, em busca de uma inédita medalha de ouro.

Para os Jogos Olímpicos, Tite recomendou mesmo à CBF a continuidade de Rogerio Micale, o técnico dos sub-20, que assumia os olímpicos na ausência de Dunga e foi confirmado quarta-feira pela CBF, face à negativa de Tite, de 55 anos.

No seu currículo, Tite conta quatro títulos brasileiros, um pelo Internacional de Porto Alegre (2009) e três pelo Corinthians (2011, 2013 e 2015).

A CBF, que ainda não confirmou oficialmente o sucessor de Carlos Dunga, limitando-se a dizer que entrou em contacto com Tite e não o conseguiu fazer com o Corinthians, deverá apresentar oficialmente o novo selecionador nos próximo dias.

Lusa

  • Queda de avioneta em Espanha causa 4 mortos

    Mundo

    Uma avioneta com destino a Cascais, em que seguia uma família de quatro pessoas - dois adultos e dois menores - caiu em Sotillo de las Palomas, em Toledo, Espanha.

    Em desenvolvimento

  • Um discurso histórico com os pedidos de sempre
    2:30

    País

    Jerónimo de Sousa voltou este domingo a pedir a renegociação da dívida e a saída de Portugal do euro. Num discurso historicamente curto, apenas 15 minutos, no encerramento do Congresso do PCP, o reeleito secretário-geral comunista anunciou que o aumento dos salários e a reversão das alterações à legislação laboral são duas prioridades para os próximos tempos.

  • Mais de 50 milhões de italianos decidem futuro do país
    1:43

    Mundo

    Este domingo, está nas mãos de mais de 50 milhões de eleitores italianos o futuro do país. Mais do que um voto à reforma constitucional, o referendo terá consequências políticas diretas no Governo italiano. As urnas fecham às 23h00, 22h00 em Lisboa. Os primeiros resultados são esperados meia hora depois.