sicnot

Perfil

Desporto

Gil Vicente avança com providência cautelar contra a Liga

O Gil Vicente anunciou hoje ter solicitado uma providência cautelar contra a Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) por esta ter adiado a integração do clube no campeonato principal, conforme determinação judicial.

"O Gil Vicente irá exercer, uma vez mais, o seu direito de acesso aos tribunais, nomeadamente através da instauração de uma providência cautelar de arbitramento de reparação provisória contra a LPFP e todos os responsáveis, pelo não cumprimento da decisão" do Tribunal Administrativo do Círculo de Lisboa", refere uma nota do clube de Barcelos.

Os gilistas pretendem "obter completo ressarcimento de todos os danos e prejuízos que a permanência de mais um ano da Gil Vicente II Liga acarreta", assumindo que o adiamento da decisão, proposto pela direção da LPFP e aprovado em assembleia geral na quinta-feira, terá como consequência prática a permanência no escalão secundário.

Em finais de maio, no processo nº 2141/06.1BELSB, o Tribunal Administrativo de Círculo de Lisboa declarou nula a decisão do Conselho de Justiça da FPF, de 22 de agosto de 2006, que se limitou a confirmar, em sede de recurso, a decisão da então Comissão Disciplinar da LPFP, de 01 de agosto de 2006, que sancionou o clube minhoto com a sanção de descida de divisão.

Posteriormente, a Federação Portuguesa de Futebol, que prescindiu do direito de recurso, recomendou à LPFP a integração do Gil Vicente na I Liga já na próxima época, assunto que motivou a Assembleia Geral extraordinária de quinta-feira.

Porém, o ponto seria retirado durante a reunião magna, por proposta da direção da Liga, em função da possibilidade, já anunciada, de o Belenenses recorrer da decisão do tribunal, o que levou António Fiusa, presidente do Gil Vicente, a abandonar os trabalhos.

Lusa

  • O resgate dos passageiros do naufrágio em Cascais
    1:48
  • É importante que "as pessoas não tenham medo" de denunciar o tráfico humano
    0:48

    País

    Manuel Albano, relator nacional para o tráfico de pessoas, concorda com a ideia de que é necessário continuar a investir na inspeção e na fiscalização para travar o tráfico de seres humanos, mas rejeita a denúncia do sindicato dos trabalhadores do SEF, que esta quinta-feira alertou para a "falta de controlo".

  • Trocar a economia pela dança
    7:21
  • Salas de consumo assistido previstas na lei há 17 anos
    3:01
  • O que faz um guaxinim às duas da manhã num quartel de bombeiros?

    Mundo

    Os animais são muitas vezes os protagonistas de histórias incríveis ou até insólitas. Desde o cão mais pequeno ao urso mais assustador. Desta vez, o principal interveniente é um guaxinim, que foi levado até um quartel de bombeiros por uma dona muito preocupada. Porquê? O animal estava sob o efeito de drogas.

    SIC

  • "Por vezes até as princesas da Disney ficam apavoradas"

    Mundo

    A atriz norte-americana Patti Murin foi esta semana elogiada nas redes sociais por se preocupar com a sua saúde mental e não ter problemas em falar sobre o assunto. A artista faltou a um espetáculo da Disney, onde ia atuar, devido a um ataque de ansiedade.

    SIC