sicnot

Perfil

Desporto

Treinador de Genzebe Dabibi detido por suspeitas de doping

A polícia de Barcelona deteve hoje, num hotel da cidade catalã de Sabadell, o treinador de atletismo somali Jama Aden, no âmbito de uma operação de combate ao tráfico e utilização de substâncias dopantes.

© Mike Blake / Reuters

No hotel onde ocorreram as detenções, estão hospedados vários atletas treinados por Jama Aden, entre os quais a etíope Genzebe Dibaba, atual campeã mundial dos 1.500 metros e recordista mundial da distância.

A polícia de Barcelona recolheu 60 seringas usadas, assim como EPO, anabolisantes e medicamentos ilegais nos quartos de hotel.

De acordo com a agência noticiosa espanhola EFE, foi também detido um fisioterapeuta marroquino, que trabalha com Jama Aden.

A operação de hoje foi o culminar de uma investigação iniciada após denúncias feitas em 2015 pela Agência Espanhola da Proteção e da Saúde no Desporto e pela Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF), contra uma suposta rede de tráfico de substâncias dopantes.


Lusa

  • Divorciados vão poder dividir filhos no IRS 

    Economia

    Os divorciados vão passar a poder dividir os filhos no IRS (imposto sobre o rendimento singular) e o Governo está a estudar soluções para que em 2018 haja um novo sistema para lidar com a guarda conjunta de filhos.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.