sicnot

Perfil

Desporto

Advogado de Sharapova exige pedido de desculpas a presidente da Agência Antidopagem

O advogado de Maria Sharapova, suspensa por dois anos por 'doping', exigiu um pedido de desculpas ao presidente da Agência Mundial Antidopagem (AMA) por ter ironizado sobre os rendimentos da tenista russa.

reuters

"Para mim, o único elemento de satisfação no caso de Sharapova foi que em um ano ela pode ganhar mais dinheiro do que todo o orçamento da AMA", disse recentemente Craig Reedie ao jornal britânico Telegraph.

Em resposta, o advogado da tenista, John Haggerty, considerou "inoportunas" estas declarações de Reedie, exigindo um pedido de desculpas ao presidente da AMA.

"A declaração feita pelo presidente da AMA não é profissional. A Justiça, seja aos olhos da AMA ou de um tribunal, deve ser cega, inclusive em relação aos rendimentos de um jogador ", disse o advogado, em comunicado.

O advogado insistiu que Craig Reedie deve também pedir desculpas a todos os tenistas, "para que os adeptos não pensem que a AMA tem padrões diferentes para os atletas, dependendo dos seus resultados e rendimentos".

A 08 de junho, Maria Sharapova anunciou que ia recorrer da suspensão de dois anos imposta pela Federação Internacional de Ténis (ITF), na sequência do controlo positivo por meldonium no último Open da Austrália.

"Com a sua decisão de impor uma suspensão de dois anos, o tribunal da ITF concluiu unanimemente que aquilo que fiz não foi intencional. O tribunal descobriu que não procurei tratamento médico de modo a melhorar o rendimento desportivo. A ITF despendeu imenso tempo e dinheiro a tentar provar que eu violei intencionalmente os regulamentos 'antidoping' e o tribunal concluiu que não. Precisam de saber que a ITF pediu uma suspensão de quatro anos e o tribunal rejeitou", defendeu a tenista.

Pelo facto de o tribunal ter concluído que a russa não violou deliberadamente o código antidopagem, Sharapova insiste que não pode aceitar a suspensão de dois anos.

  • Zeca Afonso morreu há 30 anos
    1:11
  • Mariana Mortágua acusa Governo anterior de deixar escapar milhões para offshores
    1:39

    Opinião

    Mariana Mortágua e Adolfo Mesquita estiveram na Edição da Noite da SIC Notícias para mais um Esquerda Direita. Mariana Mortágua acusou o Governo anterior de, por opção ou negligência, ter deixado escapar 10 mil milhões de euros para offshores. Já Adolfo Mesquita Nunes, do CDS-PP, desvalorizou o assunto afirmando que serve apenas para desviar as atenções da questão da Caixa Geral de Depósitos

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • Técnica de defesa contra aperto de mão de Donald Trump
    1:39
  • Vídeo mostra aterragem de Harrison Ford que quase causou um desastre

    Mundo

    Harrison Ford quase provocou um grave acidente quando, ao pilotar um dos seus aviões, falhou a pista de aterragem e esteve muito perto de chocar contra um um Boeing 737, com mais de 100 pessoas a bordo. O incidente com o ator norte-americano, considerado um piloto experiente, aconteceu na passada segunda-feira, dia 13, no Condado de Orange, na Califórnia, e o momento foi captado em vídeo.

  • Descoberta nova espécie de primatas em Angola

    Mundo

    Uma equipa britânica de cientistas descobriu uma nova espécie de galagos anões, um primata pertencente à família dos galonídeos - comum na África subsariana -, na floresta ameaçada da Kumbira, localizada na província do Cuanza Sul, noroeste de Angola.

  • Vestidos da princesa Diana em exposição
    1:29

    Mundo

    As roupas mais emblemáticas da princesa Diana vão estar em exposição no Palácio de Kensington, em Londres, a partir de sexta-feira. O objetivo é mostrar a evolução do estilo da princesa de Gales, considerada um dos maiores ícones de moda de sempre.