sicnot

Perfil

Desporto

Isinbayeva volta a ter esperança de estar nos Jogos Olímpicos

Yelena Isinbayeva, recordista do mundo do salto com vara, disse hoje manter esperança de poder estar nos Jogos Olímpicos Rio2016, depois do Comité Olímpico Internacional (COI) ter assumido a possibilidade de atletas russos competirem como neutros.

© Sergei Karpukhin / Reuters

"Hoje, devo admitir que ainda resta em mim esperança. Não está completamente morta", disse Isinbayeva, que, na segunda-feira, tinha assumido que não competiria no Rio de Janeiro sob a bandeira do COI.

O COI, reunido em 'cimeira olímpica', aceitou a suspensão do atletismo russo, mas admitiu que os atletas russos 'limpos' possam participar nos Jogos Olímpicos, sendo que cada caso deve ser avaliado individualmente e aprovado pela Associação Internacional das Federações de Atletismo.

"Ontem [segunda-feira] estava desesperada, mas hoje estou mais otimista", disse a dupla campeã olímpica (2004 e 2008), à margem dos Campeonatos da Rússia, nos quais conseguiu a melhor marca mundial do ano, com 4,90 metros.

Sergey Shubenkov, campeão do mundo dos 100 metros barreiras, disse que a decisão do COI foi "boa, por deixa uma possibilidade" de estar no Rio2016.

"Há muitas condições [para ser repescado], mas espero conseguir cumpri-las. Estou muito feliz que o bom senso e o compromisso se mantenham", disse.

Já Darya Klishina, especialista no salto em comprimento, disse estar "contente" com a decisão COI, não apenas por si, "mas também pelos outros atletas que poderão participar nos Jogos Olímpicos".

A Rússia, segunda potência mundial do atletismo, atrás dos Estados Unidos, foi suspensa em novembro de 2015 após um 'demolidor' relatório independente da AMA, no qual se denunciava um esquema de doping institucionalizado na Rússia.

Lusa

  • UGT reivindica que salário mínimo ultrapasse os 600€
    0:26

    Economia

    O secretário-geral da UGT reivindica que até 2019 o salário mínimo nacional ultrapasse os 600 euros. Este sábado, num congresso distrital na Guarda, Carlos Silva considerou que o Governo tem condições para ir mais além e voltou a defender que para o próximo ano o patamar mínimo para a negociação deve ser os 585 euros.

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Franceses em protesto contra reformas de Macron
    1:04
  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.

  • Tony Carreira em Paris com sala cheia
    2:36

    Cultura

    O cantor Tony Carreira actuou ontem em Paris e teve sala cheia a aplaudir os temas que o tornaram conhecido há quase 30 anos. As recentes acusações de plágio não parecem afectar a popularidade do artista, que vai continuar em tournée. A Sic acompanhou o artista neste concerto.