sicnot

Perfil

Desporto

Chile vence Copa América e Messi diz adeus à seleção

O Chile conquistou domingo a Copa América do Centenário em futebol, revalidando o título, ao vencer a Argentina por 4-2, no desempate por pontapés da marca da grande penalidade. Depois do jogo, o argentino Lionel Messi anunciou o seu adeus à seleção.

© USA Today Sports / Reuters

Em New Jersey, os chilenos só falharam um penalti, enquanto os argentinos desperdiçaram dois, por Lionel Messi, que atirou por cima, e Lucas Biglia, num remate defendido por Claudio Bravo, antes de Francisco Silva selar o título.

Na final de 2015, o Chile, então anfitrião, já havia vencido na lotaria, por 4-1, também depois de 120 minutos sem golos.

Messi anuncia adeus à seleção argentina

"Para mim a seleção nacional acabou. Fiz tudo o que podia, dói não ser campeão", afirmou o capitão da formação albi-celeste, de 29 anos, em declarações aos jornalistas, após a sua quarta derrota numa grande final com a Argentina.

Com Lusa

  • O adeus de Messi à seleção argentina
    0:25

    Desporto

    Depois da derrota nas grandes penalidades frente ao Chile, na final da Copa América, Lionel Messi disse que não vai voltar a jogar pela seleção argentina. O jogador do Barcelona, que falhou o primeiro penalti dos argentinos, afirmou que deixará a seleção "para o bem de todos".

  • Aviação russa matou mais de 11 mil pessoas na Síria

    Mundo

    Pelo menos 11.612 pessoas morreram na Síria em resultado dos bombardeamentos da aviação russa, aliada do Governo de Damasco, iniciados em 30 de setembro de 2015, de acordo com dados publicados hoje pelo Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

  • Mais de 500 casos de sarampo na Europa este ano, avisa OMS

    Mundo

    Mais de 500 casos de sarampo foram reportados só este ano na Europa, afetando pelo menos sete países, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Em Portugal, a OMS reconheceu oficialmente a eliminação do vírus do sarampo no verão do ano passado.