sicnot

Perfil

Desporto

Helton deixa o FC Porto

O FC Porto anunciou hoje a rescisão de contrato com o guarda-redes Helton, depois de 11 anos a defender a cores e a baliza da equipa de futebol portista.

JOS\303\211 SENA GOUL\303\203O

Num comunicado conjunto lê-se que "o guarda-redes Helton não integrará os trabalhos do plantel de 2016/17, decisão tomada de comum acordo entre a Administração da FC Porto, Futebol SAD e o jogador".

"Termina assim uma ligação enquanto jogador profissional de 11 épocas consecutivas em que o capitão representou o FC Porto ao mais alto nível, tendo sido sete vezes campeão nacional com a camisola dos dragões. Venceu ainda uma Liga Europa, quatro Taças de Portugal e seis Supertaças", acrescenta o comunicado.

Antes do anúncio, o plantel havia regressado ao trabalho durante a manhã e o destaque foi exatamente a ausência do guardião, que não esteve entre os 29 jogadores que se apresentaram no centro de estágios do Olival.

O brasileiro, de 38 anos, já havia dito que iria anunciar uma decisão sobre o seu futuro no dia 19 de junho, uma situação que não acabou por acontecer. Nessa altura, afirmou que tinha indicações para se apresentar dia 28.

O capitão, que tinha ainda contrato até junho de 2017, acabou por não comparecer no arranque dos trabalhos da nova época.

Nuno Espírito Santo contou, no entanto, com três reforços: Zé Manuel (ex-Boavista), Felipe (ex-Corinthias) e João Carlos Teixeira (ex-Liverpool).

Além destes, contabilizaram-se ainda vários regressos que, pelo menos, vão fazer parte do grupo durante a pré-temporada azul e branca, como Ricardo, Andrés Férnandéz, Juan Quintero, Ótavio, Josué, Rafa, Gonçalo, Hernâni e Ivo Rodrigues.

Chidozie e Aboubakar ainda não estiveram presentes, mas estão devidamente autorizados pelo clube, sendo que este último já deverá juntar-se ao resto do grupo durante a tarde de hoje.

Os jogadores que estiveram ou estão nas seleções e chegarão mais tarde são Herrera, Layún, Corona, Diego Reyes, Raul Gudiño, Maxi Pereira, Casillas e Danilo.

De fora da lista está também Maicon, jogador sobre o qual o presidente do FC Porto, Pinto da Costa, afirmou que iria, com toda a certeza, regressar ao Dragão.

O defesa está cedido ao São Paulo e o contrato de empréstimo termina a 30 de junho, sendo que deverá juntar-se ao grupo nessa altura, apesar de o clube brasileiro estar a tentar contratar o jogador.


Lusa

  • Equipa da SIC impedida de entrar na Venezuela

    País

    A SIC tinha uma equipa a caminho da Venezuela para cobrir as eleições da Assembleia Constituinte que decorrem no domingo. No entanto o jornalista Luís Garriapa e o repórter de imagem Odacir Junior foram impedidos de entrar no país. A equipa de reportagem foi barrada à chegada ao aeroporto de Caracas.

  • "Fomos considerados inadmissíveis no território da Venezuela"
    4:43

    País

    O jornalista Luís Garriapa entrou em direto no Jornal da Noite, para explicar o que aconteceu esta quinta-feira, no aeroporto de Caracas. A equipa de reportagem de SIC foi impedida de entrar na Venezuela, onde ia cobrir as eleições da Assembleia Constituinte, marcadas para domingo.

  • Oposição alarga protesto e anuncia "tomada da Venezuela"

    Mundo

    A oposição venezuelana recusou esta quinta-feira a proibição de manifestações decretada pelo Governo e avisou que, em resposta, ampliará o protesto previsto para sexta-feira, passando de uma "tomada de Caracas" para uma "tomada da Venezuela".

  • Marcelo lembra como foi tratada a tragédia durante a ditadura
    2:25

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Marcelo Rebelo de Sousa não quis comentar diretamente a polémica em torno da lista das vítimas mortais de Pedrógão Grande, mas recorreu às cheias de 1967 para lembrar como as tragédias eram tratadas no tempo da ditadura. O Presidente da República defendeu que não é possível esconder a dimensão de uma tragédia num regime democrático. Há 50 anos, Marcelo Rebelo de Sousa acompanhou de perto a forma como o regime tentou esconder a verdadeira dimensão do incidente.

  • Ministra admite falhas no SIRESP no presente e no passado
    2:35

    País

    A ministra da Administração Interna admitiu, esta quinta-feira, que o SIRESP falha no presente tal como já falhou no passado, quando a tutela pertencia ao Governo PSD. Os sociais-democratas quiserem ouvir Constança Urbano de Sousa na comissão parlamentar mas desta vez a ministra defendeu-se com um ataque. 

  • À descoberta de Dago, o destroço mais visitado em mergulho de profundidade
    13:51
  • Uma viagem aérea pela aldeia histórica de Monsanto
    0:50
  • Quase três mil toneladas de plástico ameçam tartarugas no Mediterrâneo
    2:35

    Mundo

    O Mar Mediterrâneo está sob a ameaça de se tornar uma lixeira com três mil toneladas de plástico a flutuarem entre a Europa e África. Há milhões de turistas a nadarem nestas águas e há espécies marinhas que já estão em perigo. No Chipre, os cientistas estão a tentar proteger tartarugas, cuja alimentação já é quase totalmente de plástico.

  • Deputado da Malásia diz que negar sexo ao marido é uma forma de abuso

    Mundo

    Um deputado malaio tem sido alvo de algumas críticas na internet, depois de ter dito que negar sexo a maridos é uma forma de abuso psicológico e emocional por parte das mulheres. As declarações de Che Mohamad Zulkifly Jusoh foram feitas durante um debate sobre as alterações às leis de violência doméstica, na quarta-feira.

    SIC