sicnot

Perfil

Desporto

Ajuda financeira do Governo vai permitir finalizar obras do metro dos Jogos Olímpicos

O secretário dos Transportes do Estado do Rio de Janeiro, Rodrigo Vieira, disse, na quinta-feira, que a ajuda do Governo Federal para o Estado vai permitir terminar as obras do metropolitano da cidade, essencial para os Jogos Olímpicos.

© Nacho Doce / Reuters

O governo interino publicou, na quinta-feira, no Diário Oficial da União, uma medida provisória autorizando um crédito extraordinário de 2,9 mil milhões de reais (813 milhões de euros) para o governo do Estado do Rio de Janeiro, que enfrenta uma grave crise financeira.

O dinheiro estava destinado para o governo suportar as despesas de segurança dos Jogos Olímpicos Rio2016, numa altura em que crescem preocupações com a violência e com possíveis protestos de agentes de forças de segurança por atrasos nos pagamentos.

"O governo do Estado, com esses recursos, vai reorganizar as suas finanças e deslocar recursos estaduais para quitar os débitos que tem com as construtoras do metropolitano e pagar o que falta para a conclusão do trecho olímpico do metropolitano", explicou Rodrigo Vieira.

A confirmação surgiu um dia depois de Rodrigo Vieira ter admitido à RJTV que as obras da linha 4 do metropolitano poderiam parar a qualquer momento, na sequência de o Tesouro Nacional ter recusado dar aval à contratação de um empréstimo de 989 milhões de reais (263 milhões de euros) para finalizar a obra.

A dívida com a obra já chega a 350 milhões de reais (97,2 milhões de euros), sendo necessários outros 150 milhões de reais (42 milhões de euros) para pagar outras intervenções necessárias ao funcionamento da nova linha de transporte durante os jogos.

Segundo o secretário dos Transportes, a obra custará, pelo menos, 9,7 mil milhões de reais (2,7 mil milhões de euros).

A linha 4 do metropolitano deve começar a funcionar a 01 de agosto, quatro dias antes do início dos Jogos Olímpicos.

Lusa

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O impacto e as consequências do referendo em Itália
    1:02
  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.