sicnot

Perfil

Desporto

Benfica é o mais ativo no mercado entre os três grandes

Benfica é o mais ativo no mercado entre os três grandes

Dos três grandes clubes portugueses, o Benfica tem sido o mais ativo no mercado de jogadores e o FC Porto o mais discreto. O clube da Luz contratou cinco extremos para fazer face à saída do argentino Nico Gaitán e talvez também de Salvio.

  • Oscar Benítez em Lisboa para assinar pelo Benfica

    Desporto

    Oscar Benítez está em Lisboa. O extremo argentino, de 23 anos, chegou na manhã desta segunda-feira para fazer exames médicos e assinar pelo Benfica. Benítez não prestou declarações. A transferência do Lanús para o clube encarnado deve rondar os 4 milhões de euros.

  • Guilllermo Celis assinou por cinco temporadas com o Benfica
    0:22

    Desporto

    O colombiano Guilllermo Celis foi confirmado como reforço do Benfica. O médio jogava no Junior Barranquillo e atuou pela seleção colombiana na última edição da Copa América. Celis tem 23 anos e assinou por cinco temporadas com os encarnados. Chega a Portugal com a ambição de ajudar o Benfica a conquistar títulos.

  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Football Leaks

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Football Leaks

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.