sicnot

Perfil

Desporto

FIFA reduz suspensão de Jérôme Valcke e Chung Mong-joon

A Federação Internacional de Futebol (FIFA) reduziu a suspensão do antigo secretário-geral Jérôme Valcke, de 12 para 10 anos, e a do vice-presidente Chung Mong-joon, de seis para cinco anos.

Mong-joon

Mong-joon

© Kim Hong-Ji / Reuters

Valcke, que foi o 'braço direito' do ex-presidente Joseph Blatter durante quase uma década, foi afastado em janeiro e banido, no seguimento de investigações que revelaram o seu envolvimento num esquema de venda ilegal de bilhetes para o Mundial2014.

Chung, antigo vice-presidente do organismo, foi considerado culpado de ter violado cinco artigos do código de ética no processo de atribuição das organizações dos Mundiais de 2018, à Rússia, e 2022, ao Qatar.

O Comité de Apelo confirmou que Valcke é culpado numa série de ações, mas entendeu que "os factos atenuantes não foram completamente tidos em conta" na decisão que levou à sua suspensão.

A procuradoria suíça abriu também uma investigação criminal em relação ao antigo secretário-geral, no âmbito de "vários atos de gestão criminal e danosa".

Quanto a Chung, bilionário da família Hyundai, chegou a ser candidato à presidência da FIFA, mas retirou-se da corrida, que viria a ser ganha pelo antigo secretário-geral da UEFA, o suíço Gianni Infantino.

O sul-coreano acusou a FIFA de "sabotagem", depois de ter sido suspenso em outubro do último ano, ainda antes do ato eleitoral.

O Comité de Apelo considerou que a prova contra Chung "não foi suficiente" para suportar uma suspensão de seis anos e a multa foi também reduzida de 100.000 (92.000 euros) para 50.000 francos suíços (46.000 euros).

Lusa

  • Eis os novos heróis de Vila de Aves
    3:03
  • "Vi o Bas Doost a jorrar sangue para o chão (...) revoltei-me!"
    3:28
  • "Esta semana parecia um filme de terror"
    2:24

    Desporto

    O treinador do Sporting falou pela primeira vez à imprensa desde as agressões de que foi alvo em Alcochete. Jorge Jesus disse que a última semana "parecia um filme de terror" e deixou um agradecimento especial aos adeptos e à "capacidade emocional" dos jogadores.

  • Já se pode pescar sardinha mas há limitações

    País

    A proibição da pesca da sardinha termina hoje, podendo, até 31 de julho, os pescadores capturar 4.855 toneladas, com limites diários, medidas de proteção dos juvenis e monitorização da pescaria, disse à Lusa o Ministério do Mar.

  • "Desfiliei-me do PS mas continuo socialista"
    1:29