sicnot

Perfil

Desporto

Maxi Pereira regressa "com muita garra" ao FC Porto

O jogador uruguaio regressou hoje ao FC Porto com boas espectativas para a nova époica, depois de representar o Uruguai na Copa América.

JOSE SENA GOUL\303\203O

Maxi Pereira juntou-se hoje ao plantel do FC Porto, depois de representar a seleção do Uruguai na Copa América. A esperança é a palavra de ordem para a nova época do futebol portista.

O lateral-direito referiu, em declarações ao Porto Canal, que regressou "com muita garra", reconhecendo que agora "a exigência é maior" e que o objetivo passa por "devolver ao clube tudo o que foi conquistado em anos anteriores".

"É muito bom estar de volta. Agora só quero trabalhar com muita garra e esperança para este ano. Já conheci os novos companheiros e senti que estão muito motivados, o que é muito importante. Regresso com muita vontade, quero chegar o mais rápido possível à minha melhor forma e vou trabalhar duro, pois essa será a base para um ano que também será duro. Tenho uma esperança muito grande", afirmou o jogador.

Para a nova época, Maxi Pereira admite a necessidade de ganhar e, consequentemente, de dar alegrias aos adeptos, depois do FC Porto ter terminado o último campeonato nacional em terceiro lugar.

"As expetativas são as de sempre. Temos de ganhar e sentimos que estamos em dívida para com os nossos adeptos pela época passada. A exigência é maior e temos de devolver ao clube tudo o que conquistou em anos anteriores", esclareceu o jogador.

O lateral-direito teceu ainda elogios a Nuno Espírito Santo, o novo treinador do FC Porto.

"A primeira impressão foi muito boa. Recebeu-me muito bem, falámos um pouco e com o tempo vamo-nos conhecendo melhor. É bom que seja um conhecedor da identidade deste clube, um clube ganhador, e isso é algo que também nos irá transmitir", disse o defesa do FC Porto.

Maxi Pereira terminou com uma mensagem para os adeptos, em que pede o seu apoio, tanto os momentos bons, com nos menos bons.

Com Lusa

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Irão lança míssil de médio alcance
    1:13

    Mundo

    Três dias depois do discurso hostil de Donald Trump nas Nações Unidas, o Irão testou um novo míssil de médio alcance que atingiu uma altura de dois mil quilómetros. Teerão diz que o teste não viola o acordo nuclear.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Guterres apela à Coreia do Norte para cumprir resoluções

    Mundo

    O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, apelou este sábado ao ministro do Exterior da Coreia do Norte, Ri Yong Ho, para o cumprimento das resoluções que o Conselho de Segurança impôs ao país em resposta à sua escalada armada.

  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.