sicnot

Perfil

Desporto

Ministro da Justiça nega probabilidade de terrorismo nos Jogos Olímpicos

O ministro da Justiça do Brasil, Alexandre de Moraes, afirmou hoje que não há probabilidade de ocorrência de um ato de terrorismo nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio2016.

© Ueslei Marcelino / Reuters

"Não temos probabilidade de algum evento terrorista. A possibilidade existe no mundo todo, mas não há a probabilidade", disse.

Moraes participou numa entrevista coletiva que reuniu os organizadores dos Jogos, 30 dias antes da abertura da competição, marcada para o dia 05 de agosto.

O governo brasileiro anunciou também que o Ministério da Justiça assumiu hoje a segurança patrimonial das 'arenas olímpicas', com a Força Nacional de Segurança Pública.

Todo o efetivo da Força Nacional, da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal estará em seus postos até ao dia 24 de julho, segundo Moraes.

Sobre o atraso no pagamento do salário dos policiais do Rio de Janeiro, que na última segunda-feira fizeram um protesto no aeroporto Internacional Tom Jobim para cobrar o pagamento dos salários e melhores condições de trabalho, o ministro da Justiça afirmou que parte dos vencimentos dos policiais militares devem ser pagos ainda nesta semana.

"Os recursos já foram liberados e já foram transferidos", declarou.

Na semana passada, o governo federal liberou 2,9 mil milhões de reais (790 milhões de euros) em crédito suplementar ao Estado do Rio de Janeiro, que enfrenta uma crise financeira desde o ano passado e tem atrasado o pagamento de servidores públicos e aposentados.

Lusa

  • "Almaraz: Uma bomba-relógio aqui ao lado"
    1:56
  • S. João do Porto sem balões
    2:36

    País

    No Porto, milhares de pessoas foram para a rua festejar o São João. Este ano houve tolerância zero no lançamento de balões, por causa do risco de incêndio. O fogo de artifício começou com mais de 15 minutos de atraso.

  • Mais de 100 detidos pela PSP e GNR nas últimas 24 horas

    País

    Só a GNR deteve 64 pessoas em flagrante delito, entre a noite de sexta-feira e o início da manhã deste sábado, a maioria das quais (47) por condução sob o efeito do álcool. A PSP de Lisboa efetuou 41 detenções em 24 horas, dez por tráfico de droga.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.