sicnot

Perfil

Desporto

FC Porto empata com Rio Ave em jogo particular no Olival

O FC Porto e o Rio Ave empataram hoje 1-1, em jogo particular disputado no Centro de treinos do Olival, em Vila Nova de Gaia, com os vila-condenses a marcarem por Ronan e os 'dragões' por Aboubakar.

Estádio do Dragão (Arquivo)

Estádio do Dragão (Arquivo)

PAULO DUARTE / AP

Foi o Rio Ave, sexto classificado na última época, a inaugurar o marcador, já no início da segunda parte, mas Aboubakar repôs a igualdade para a equipa portista.

No lado dos portistas, o técnico Nuno Espírito Santo utilizou 23 jogadores: Andrés Fernández, José Sá, Ricardo Nunes, Chidozie, Felipe, Marcano, Indi, Maxi Pereira, Rafa, Víctor García, André André, João Teixeira, Josué, Otávio, Quintero, Rúben Neves, Sérgio Oliveira, André Silva, Brahimi, Hernâni, Varela, Aboubakar e Zé Manuel.

Fora do jogo ficaram Bueno e Evandro, que fizeram treino condicionado, e Omar Govea, que continua em reabilitação, oito dias depois de ter sofrido uma fratura da base do quinto metatarsiano do pé esquerdo.

Quanto ao Rio Ave, que também esta época, à semelhança dos portistas, conta com um técnico novo, Nuno Capucho fez alinhar duas equipas distintas em cada uma das metades do jogo.

Na primeira parte entraram Cassio, Nadjack, Roderick, Marcelo, Pedrinho, Tarantini, Pedro Moreira, Ruben Ribeiro, Krovinovic, Guedes e Gil Dias, e na segunda Rui Vieira, Iuri, Vilas Boas, Nelson Monte, Tiago André, Rafa, Jaiminho, João Novais, Kizito, Ronan e Yazalde.

A equipa não contou com Filipe Augusto, em tratamento e trabalho físico específico, nem com Aníbal Capela, também a recuperar de lesão.

Tanto FC Porto, como Rio Ave, prosseguem nos próximos dias os planos de pré-época, com os 'dragões' a terem dois treinos na segunda-feira (10:00 e 17:00), e os vila-condenses uma sessão (10:00).

A equipa de Nuno Capucho volta a realizar novo particular na quarta-feira, dia em que defronta o Desportivo de Aves, em Arcos de Valdevez (10:30).

Lusa

  • Varela garante que o plantel do FC Porto vai fazer tudo para ser campeão
    1:03

    Desporto

    O Futebol Clube do Porto voltou a treinar, esta manhã, no Olival, sem Brahimi. Evandro e Bueno também estiveram ausentes na preparação para o jogo particular de pré época com o Rio Ave, marcado para este sábado. Silvestre Varela diz que a equipa vai fazer tudo para ser campeã para devolver ao FC Porto aquilo que não tem conseguido nos últimos três anos.

  • PJ faz buscas no Benfica sobre o caso dos e-mails

    Desporto

    A Polícia Judiciária está a fazer buscas em instações no Benfica devido ao caso dos e-mails divulgado pelo diretor de comunicação do FC Porto, Francisco J. Marques. Contactado pela SIC, o clube da Luz disse desconhecer a ação.

    Em atualização

  • Governo prepara pacote de medidas para matas ardidas

    País

    O Governo vai preparar um pacote de medidas para as matas nacionais afetadas pelos incêndios, que passa pela elaboração de um relatório de ocorrências, por um programa de intervenção e pela aplicação da receita da madeira nessas matas.

  • "Viverei com o peso na consciência até ao último dia"
    3:00
  • Acabou o estado de graça

    Sá Carneiro dizia que qualquer Governo tem direito a um estado de graça de 100 dias. E que, depois disso, já não tem margem para deitar culpas ao Governo anterior. O discurso de Marcelo, no terreno, junto das vítimas, e não na torre de marfim de Belém, marca o tal "novo ciclo" que o Presidente há muito tinha anunciado, com data marcada: depois das autárquicas.

    Pedro Cruz

  • "O primeiro-ministro falhou em toda a linha"
    4:36

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares não acredita que a ministra da Administração Interna se despediu: "ela foi demitida pela Presidente ontem à noite publicamente". No Jornal da Noite, esta quarta-feira, o comentador da SIC declarou que o primeiro-ministro "falhou em toda a linha" e questionou se António Costa tinha a "coragem política de fazer o que é preciso". Sobre os incêndios, Miguel Sousa Tavares disse ainda que o maior problema não era haver reacendimentos, mas sim "não serem logo apagados e propagarem-se".

    Miguel Sousa Tavares

  • 2017: o ano em que mais território português ardeu
    1:41
  • O que resta de Tondela depois dos incêndios
    1:07
  • Leiria perdeu 80% do Pinhal nos incêndios
    1:51
  • A fotografia que está a correr (e a impressionar) o Mundo

    Mundo

    A fotografia de uma cadela a carregar, na boca, o cadáver calcinado da cria está a comover o mundo. Entre as muitas fotografias que mostram o cenário causado pelos incêndios que devastaram a Galiza nos últimos dias, esta está a causar especial impacto. O registo é do fotógrafo Salvador Sas, da agência EFE. A imagem pode impressionar os mais sensíveis.

  • O balanço trágico dos incêndios do fim de semana
    0:51
  • "O povo exige um novo ciclo"
    1:10

    Tragédia em Pedrógão Grande

    A Associação de Vítimas do Incêndio de Pedrógão Grande exige que o primeiro-ministro faça um pedido de desculpas público às famílias das vítimas dos incêndios. A Presidente da Associação pede ainda a demissão do comando da Autoridade Nacional de Proteção Civil. Após a reunião desta quarta-feira com António Costa, Nádia Piazza anunciou que o Governo assume as mortes de junho passado e chegou a acordo com os familiares das vítimas.

  • Há um novo livro de Astérix

    Astérix

    Dois anos depois do último álbum, chega hoje às livrarias a 37ª aventura de Astérix. Em "Astérix e a Transitálica", os gauleses rumam à Península Itálica.