sicnot

Perfil

Desporto

Nico Rosberg em terceiro lugar do Grande Prémio da Grã-Bretanha em Fórmula 1

O alemão Nico Rosberg (Mercedes) foi hoje despromovido para o terceiro lugar do Grande Prémio da Grã-Bretanha em Fórmula 1, depois de ser penalizado em 10 segundos por violação das regras relativas às comunicações rádio em prova.

© Reuters Staff / Reuters

O holandês Max Verstappen (Red Bull), que tinha terminado em terceiro, é assim promovido à segunda posição.

A penalização diminui de quatro para apenas um ponto a vantagem de Rosberg, líder do Mundial de Fórmula 1, para o segundo classificado, o britânico Lewis Hamilton (Mercedes), que venceu hoje o Grande Prémio da Grã-Bretanha em Fórmula 1.

Em causa está a conversa rádio que o piloto da Mercedes manteve com a sua equipa, numa altura em que enfrentou problemas na caixa de velocidades no final da prova.

Os comissários da prova concluíram que parte do aconselhamento dado pelos engenheiros da Mercedes viola os regulamentos (que especificam o que pode ou não ser objeto de aconselhamento por parte da equipa durante a corrida).

"Foi um problema muito crítico, pelo que me disseram apenas o que seria necessário fazer", explicou Rosberg, em conferência de imprensa.

A próxima prova do Mundial, o Grande Prémio da Hungria, disputa-se a 24 de julho.

Lusa

  • "O bom senso obriga a acordo para a estabilização do sistema financeiro"
    2:06

    Economia

    O Presidente da República disse esta quarta-feira que "o bom senso obriga a que todos estejam de acordo para a estabilização do sistema financeiro". Num aparente recado a Passos Coelho, Marcelo apelou a um consenso de regime e avisou que "não há prazer tático que justifique o desgaste" provocado pelas divisões atuais.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.

  • Primeiro-ministro em lágrimas ao reencontrar refugiado que recebeu no Canadá em 2015

    Mundo

    Justin Trudeau desfez-se em lágrimas no reencontro com um refugiado sírio, que ele recebeu no Canadá em 2015. No ano passado, Trudeau recebeu pessoalmente os refugiados no aeroporto, onde foi visto a entregar casacos de inverno aos migrantes. Esta segunda-feira, o primeiro-ministro conheceu algumas das famílias que se estabeleceram no país, numa reunião filmada pela emissora canadiana CBC.