sicnot

Perfil

Desporto

João Sousa sobe no ranking e Djokovic continua na liderança

O português João Sousa subiu hoje um lugar para a 30.ª posição do ranking mundial de Ténis, numa classificação que continua a ser liderada pelo sérvio Novak Djokovic, apesar do seu resultado desastroso em Wimbledon.

FACUNDO ARRIZABALAGA

O tenista português beneficiou do bom desempenho na terceira prova do Grand Slam de 2016, na qual alcançou o seu melhor resultado de sempre, ao atingir a terceira eliminatória do torneio inglês, na qual foi batido pelo checo Jiri Vesely, em três sets (6-2, 6-2 e 7-5).

Sousa, que há cerca de dois meses estabeleceu a melhor classificação de sempre de um jogador português na hierarquia do ténis mundial, ao ser 28.º classificado, igualou os melhores resultados em majors, repetindo a presença na terceira ronda nos Estados Unidos, em 2013, e na Austrália, em 2015 e 2016.

Gastão Elias continua a ser o segundo melhor português na hierarquia do ténis mundial, tendo subido três postos, para 89.º, apesar de ter caído frente ao moldavo Radu Albot logo na eliminatória inaugural do torneio londrino em piso de relva, pelos parciais de 6-3, 2-6, 5-7 e 4-6.

Djokovic, que venceu os dois primeiros majors de 2016, manteve-se na liderança do ranking, mesmo tendo sido afastado de forma surpreendente na terceira ronda em Wimbledon, permitindo a aproximação do britânico Andy Murray, que venceu a prova caseira.

O suíço Roger Federer manteve-se na terceira posição e as únicas alterações entre os 10 primeiros passaram pela subida de um lugar do checo Tomas Berdych, para oitavo, por troca com o austríaco Dominic Thiem (nono), e pela entrada do francês Jo-Wilfried Tsonga, que fecha o 'top10'.

A portuguesa Michel Larcher de Brito não conseguiu ultrapassar o torneio de qualificação em Wimbledon e caiu do 261.º para o 268.º lugar do ranking feminino, que é liderado de forma ainda mais isolada pela norte-americana Serena Williams, vencedora do torneio britânico.

A alemã Angelique Kerber, finalista vencida da prova londrina, subiu dois lugares na classificação, para o segundo posto, ultrapassando a espanhola Garbiñe Muguruza e a polaca Agnieszka Radwanska, que desceram para a terceira e quarta posições, respetivamente.

Com Lusa

  • "É mais um notável tiro no pé de Passos Coelho"
    4:04

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no Jornal da Noite, a polémica em torno de Pedro Passos Coelho, depois do presidente do PSD ter pedido desculpas por ter "usado informação não confirmada", ao falar na existência de suicídios, depois desmentidos, como consequência da falta de apoio psicológico na tragédia de Pedrógão Grande. Sousa Tavares considera que Passos Coelho deu "mais um tiro no pé" e defende que o líder da oposição "está notoriamente desgastado" e "caminha para uma tragédia eleitoral autárquica".

    Miguel Sousa Tavares

  • Este texto é sobre o bom senso. O bom senso que faltou a Passos Coelho quando, esta manhã, depois de uma visita pelas áreas ardidas de Pedrógão Grande, decidiu falar em suicídios. Passos não se referiu a tentativas, mas sim a atos consumados. Deu certezas. Disse que tinha conhecimento de “pessoas que puseram termo à vida” porque “que não receberam o apoio psicológico que deviam.”

    Bernardo Ferrão

  • Simplex+2017 promete simplificar burocracia
    1:08

    País

    Já está online o novo Simplex+2017, que vai simplificar a vida dos cidadãos, empresas e administração pública. Pagar impostos com cartão de crédito e ter o cartão de cidadão ou a carta de condução no telemóvel são alguns exemplos do que está previsto.

  • Homem fala ao telefone com o filho que pensava estar morto

    Mundo

    Um norte-americano que tinha estado presente no funeral do filho recebeu, 11 dias depois, uma chamada telefónica de um homem que o pôs em contacto... com o filho que havia enterrado semana e meia antes. Tudo por causa de um erro do gabinete de medicina legal.