sicnot

Perfil

Desporto

Trabalhar com Mourinho no Manchester dá "motivação extra"

​O capitão do Manchester United, Wayne Rooney, considerou hoje que a contratação do treinador português José Mourinho lhe deu "motivação extra" para a nova temporada da Liga inglesa de futebol.

© Reuters Staff / Reuters

José Mourinho, que substituiu o holandês Louis van Gaal e tem como principal missão lutar pelo título em Inglaterra, afirmou já que vê Wayne Rooney a jogar mais na frente e não tão recuado como tem feito na seleção e no Manchester United.

Wayne Rooney, de 30 anos, está apenas a quatro golos do recorde do emblemático Bobby Charlton, que lidera com 249 a lista dos melhores marcadores de todos os tempos do clube de Manchester.

Aos canais de comunicação do Manchester United, Rooney confessou-se entusiasmado e excitado por estar a trabalhar com Mourinho, que considera o melhor treinador do mundo.

"É um momento emocionante para o Manchester United. Sempre o respeitei tanto como homem como treinador. Ele é uma excelente pessoa e um dos treinadores mais bem-sucedidos de todos os tempos", adiantou Rooney.

O avançado confidenciou que, enquanto jogador, está sempre motivado para desempenhar o seu trabalho, mas disse que estaria a mentir se não dissesse que está um pouco mais sempre que um novo treinador chega ao clube, como é o caso de Mourinho.

"Tenho a certeza de que todos os elementos do plantel estão satisfeitos por trabalhar com José Mourinho e ansiosos por o impressionar", acrescentou Wayne Rooney

O jogador, que passa a contar em Old Trafford com o sueco Zlatan Ibrahimovic, o defesa costa-marfinense Eric Bailly e médio armênio Henrikh Mkhitaryan, disse que nunca disputou um jogo fácil frente a uma equipa orientada por José Mourinho.

"As suas equipas são sempre difíceis de vencer, taticamente disciplinadas e, mais importante, bem-sucedidas", disse Wayne Rooney, sobre equipas como Chelsea, Inter Milão, Real Madrid e FC Porto.

"Mourinho vai trazer todas essas qualidades com ele, além de ideias próprias. Um dos principais ativos será a sua experiência. Ele treinou várias equipas de sucesso ao longo de sua carreira e toda essa experiência será vital", acrescentou.

Com Lusa

  • Rúben Lima nega crimes de corrupção no processo Cashball
    6:04

    Desporto

    Rúben Lima, um dos oito jogadores suspeitos de terem sido aliciados por intermediários ao serviço do Sporting para beneficiar o clube de Alvalade, nega todos os crimes investigados pela Polícia Judiciária. Numa entrevista exclusiva à SIC, o jogador do Moreirense garante que não conhece nenhum dos quatro arguidos detidos no âmbito do processo Cashball.

    Exclusivo SIC

  • Partido Podemos com votação inédita em Espanha
    1:32

    Mundo

    Há uma votação inédita em Espanha. O Podemos começou esta terça-feira a decidir a continuidade do líder do partido, depois de Pablo Iglesias e a companheira terem comprado uma casa de 600 mil euros.

  • A maior obra de reconversão urbana em Portugal 20 anos depois
    3:47