sicnot

Perfil

Desporto

FC Barcelona contrata defesa francês Lucas Digne por cinco épocas

O FC Barcelona assinou um contrato por cinco épocas com o defesa internacional francês Lucas Digne, que alinhou na temporada passada na Roma, por empréstimo do Paris Saint-Germain, anunciou hoje o bicampeão espanhol de futebol.

© Charles Platiau / Reuters

A equipa catalã pagou 16,5 milhões de euros (ME) pela contratação de Digne, de 22 anos, com um montante adicional variável de quatro milhões em função de registos individuais e títulos conquistados pelo defesa lateral esquerdo, que terá uma cláusula de rescisão de 60 ME.

O defesa francês, que será apresentado na quinta-feira como jogador do FC Barcelona, defrontou por duas vezes o bicampeão espanhol na época passada, em jogos da Liga dos Campeões, tendo empatado 1-1 em Roma e sido goleado por 6-1 em Camp Nou.

Digne foi suplente não utilizado da seleção francesa que disputou no domingo a final do Euro2016, na qual a equipa anfitriã foi derrotada por Portugal, por 1-0, na sequência do golo marcado por Éder no prolongamento, aos 109 minutos.

O defesa francês vai encontrar no 'Barça' o compatriota e colega de setor Samuel Umtiti, que foi titular na final do Euro2016, contratado também por cinco épocas neste defeso pela equipa catalã.

Lusa

  • Manuel Delgado demitiu-se devido a "grave violação da privacidade"

    País

    O ex-secretário de Estado da Saúde diz que apresentou a demissão para "não perturbar nem criar qualquer tipo de embaraço ao normal funcionamento do Governo". Num comunicado, Manuel Delgado esclarece que foi remunerado pelo trabalho de consultor na Raríssimas "muito antes" da entrada no Governo e acrescenta que respeitou na íntegra todo o quadro legal e ético.

  • O que vai mudar nos recibos verdes
    2:55

    Economia

    Os trabalhadores independentes vão descontar menos para a Segurança Social já no próximo ano. A taxa vai descer dos 29,6% por cento para os 21,4%. A descida será compensada por um aumento das contribuições pagas pelos patrões. Há também alterações em caso de desemprego e o subsídio de doença passa a ser pago ao fim de 10 dias em vez de 31.

  • Tripulantes da TAP acusam companhia de desrespeitar compromissos
    3:16

    Economia

    O Sindicato que representa os tripulantes da TAP acusa a empresa de estar a violar a lei. A companhia aérea portuguesa denunciou unilateralmente o acordo de empresa com os tripulantes e apresentou novas condições, que o sindicato considera indignas. Diz que os tripulantes fizeram esforços pela companhia no verão e que agora estão a ser desrespeitados.

  • Uma "Árvore da Esperança" pelas vítimas dos fogos
    2:01
  • Bebé nasce com coração fora do peito e sobrevive
    2:06
  • Zapatou volta a eleger os melhores vídeos da internet
    6:28