sicnot

Perfil

Desporto

Manny Pacquiao pondera regressar aos ringues três meses depois de se retirar

O filipino Manny Pacquiao, um dos pugilistas mais titulados do mundo, pondera regressar aos ringues em novembro, três meses depois de se ter retirado.

© Erik de Castro / Reuters

O último combate do filipino, frente ao norte-americano Tim Bradley, remonta a abril e, na terça-feira, o seu agente deu conta de que Pacquiao recebeu autorização para descansar das novas funções de senador e voltar a combater, provavelmente a 5 de novembro, em Las Vegas.

"Ele gosta de lutar e gosta de atenção", afirmou Bob Arum, sem excluir a possibilidade de ser reeditado o "combate do século" frente ao norte-americano Floyd Mayweather Jr, que a 2 de maio de 2015 derrotou Pacquiao.

Pouco depois, Pacquiao, que já era congressista, foi eleito para o Senado e impôs que um próximo combate não afete os seus compromissos políticos.

Com Lusa

  • Proposta criação de 77 mil empregos através de uma descida da TSU
    1:23
  • Alertas de fogos e outras catástrofes por SMS

    País

    As operadoras de telecomunicações deverão começar já este ano a enviar mensagens de alerta em caso de catástrofes. O sistema de avisos à população deverá entrar em vigor ainda antes da época de incêndios

  • Os grandes desafios de Rui Rio, segundo Poiares Maduro
    7:43

    O ex-ministro de Pedro Passos Coelho, Miguel Poiares Maduro, falou com a SIC sobre o que reserva o futuro para o PSD e quais serão os principais desafios na área económica para a liderança de Rui Rio. O défice, a descentralização, o próximo Orçamento do Estado e a eventualidade de um bloco central foram alguns dos temas da conversa. Uma entrevista transmitida esta quarta-feira, no programa Negócios da Semana.

  • 296 mortos em 2 dias de bombardeamentos em Ghouta Oriental
    2:16
  • Tiroteio na Florida foi o 18.º registado em meio escolar nos EUA desde janeiro
    1:25
  • Quem é Elon Musk?
    9:42