sicnot

Perfil

Desporto

Manny Pacquiao pondera regressar aos ringues três meses depois de se retirar

O filipino Manny Pacquiao, um dos pugilistas mais titulados do mundo, pondera regressar aos ringues em novembro, três meses depois de se ter retirado.

© Erik de Castro / Reuters

O último combate do filipino, frente ao norte-americano Tim Bradley, remonta a abril e, na terça-feira, o seu agente deu conta de que Pacquiao recebeu autorização para descansar das novas funções de senador e voltar a combater, provavelmente a 5 de novembro, em Las Vegas.

"Ele gosta de lutar e gosta de atenção", afirmou Bob Arum, sem excluir a possibilidade de ser reeditado o "combate do século" frente ao norte-americano Floyd Mayweather Jr, que a 2 de maio de 2015 derrotou Pacquiao.

Pouco depois, Pacquiao, que já era congressista, foi eleito para o Senado e impôs que um próximo combate não afete os seus compromissos políticos.

Com Lusa

  • Época 2016/17 fecha com festa no Jamor
    1:58

    Desporto

    Quatro anos depois da primeira final, Benfica e Vitória de Guimarães regressam ao Jamor esta tarde para jogar a Final da Taça de Portugal. O jogo marca também a estreia do videoárbitro em Portugal.

  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14