sicnot

Perfil

Desporto

"Pensem naqueles milhões que estão convosco", pede Marcelo aos atletas

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, pediu hoje aos atletas que vão representar Portugal nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro que, quando competirem, pensem nos milhões de portugueses que estão a torcer por eles.

ANT\303\223NIO COTRIM

Numa cerimónia de receção ao Comité Olímpico e à Delegação Olímpica de Portugal, no Jardim da Cascata do Palácio de Belém, o chefe de Estado disse aos atletas que vai estar com eles na abertura dos jogos, mas "a grande maioria dos portugueses estará do lado de cá, a vibrar", e pediu-lhes: "Pensem naqueles milhões que estão convosco".

"Convosco vai uma parte da alma portuguesa", afirmou Marcelo Rebelo de Sousa, referindo que esta mensagem era partilhada pelo primeiro-ministro, António Costa, e pelo presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, também presentes nesta cerimónia.

O Presidente da República insistiu para que, no momento da prova, os atletas não tenham em mente apenas a estrutura que está com eles, ou a sua família, os seus amigos e admiradores.

"Vamos ser milhões de apoiantes e admiradores vossos, todos, todos, a pensarmos em Portugal, porque é Portugal que está presente em cada uma de vocês, em cada um de vocês em terras do Brasil", acrescentou.

Marcelo Rebelo de Sousa disse que estará na abertura dos Jogos Olímpicos, como os seus antecessores Jorge Sampaio e Cavaco Silva estiveram nos jogos de Atenas de Londres, respetivamente, e que depois o ministro da Educação continuará a acompanhar a comitiva portuguesa.

O Presidente da República acrescentou que o ministro Tiago Brandão Rodrigues "sofre como um torcedor onde haja uma portuguesa e um português", e observou: "É mais emoção do que razão, neste particular - não me refiro a outros".

Nesta intervenção, Marcelo Rebelo de Sousa declarou ter ficado "muito impressionado" ao saber que "dois terços das presentes e dos presentes terem continuado os seus estudos" e terem conseguido fazer a sua formação académica" e defendeu que "o desporto é essencial para a realização como pessoa".

Por outro lado, respondeu aos que consideram que os desportistas têm demasiado destaque, lembrando que "os atletas olímpicos eram tão ou mais famosos do que os políticos ou os filósofos da Grécia Antiga".

"Fizeram a história da Grécia Antiga. Eram verdadeiramente importantes, como são hoje verdadeiramente importantes como expressão da realidade social, da realidade comunitária", reforçou.

O Presidente da República disse ainda que os Jogos Olímpicos são "um ponto de encontro universal" num mundo de guerras e divergências, e realçou o facto de estes se realizarem num país lusófono e que "tem Portugal por todo o lado", o Brasil.

"É uma ocasião única na vossa vida e na vida de todos nós", considerou.

Lusa

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a lider da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleiçoes em vários países, como a Alemanha e a Holanda.