sicnot

Perfil

Desporto

Gastão Elias vence em Bastad e defronta João Sousa nos quartos de final

O tenista português Gastão Elias, 89.º do 'ranking' mundial, apurou-se hoje para os quartos de final do torneio sueco de Bastad, ao vencer o japonês Taro Daniel.

© Vincent Kessler / Reuters

Frente ao 117.º da hierarquia mundial, Elias teve de recorrer a um terceiro 'set', vencendo pelos parciais de 7-6 (7-1), 3-6 e 6-2, em 2:25 horas.

Nos quartos de final da prova sueca, Elias vai defrontar o seu compatriota João Sousa, segundo cabeça de série em Bastad, que se qualificou ao bater o sueco Carl Soederlund em dois 'sets', por 6-3 e 6-1.

Os dois tenistas portugueses, que vão representar Portugal nos Jogos Olímpicos Rio2016, foram eliminados na quarta-feira no torneio de pares, ao perderem na primeira ronda frente à dupla composta pelo neozelandês Marcus Daniell e pelo brasileiro Marcelo Demoliner.

Lusa

  • Costa desvaloriza ameaça e mantém planos de visita a Angola
    2:27

    Economia

    O governo angolano reagiu duramente à acusação do Ministério público portugues contra o vice-presidente de Angola. Luanda diz que a acusação é um sério ataque à República de Angola que pode perturbar as relações entre os dois paises. António Costa desvaloriza a ameaça e mantém os planos de uma visita a Angola na primavera.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.