sicnot

Perfil

Desporto

Marcano volta a treinar sem limitações antes de partida para estágio na Alemanha

O plantel do FC Porto voltou hoje a treinar no Centro de Treinos e Formação Desportiva PortoGaia, no Olival, sendo de destacar o regresso de Marcano ao trabalho sem limitações, totalmente recuperado de uma contusão no pé esquerdo.

© Miguel Vidal / Reuters

Na quarta-feira, o defesa central espanhol tinha-se limitado a fazer tratamento e exercícios no ginásio.

O trio composto por Víctor García, José Ángel e Marega voltou a realizar trabalho específico no ginásio, enquanto do boletim clínico continuam a constar os nomes de Alberto Bueno, Evandro e Omar Govea.

O avançado espanhol e o médio brasileiro, que também esteve no ginásio, continuam a fazer trabalho condicionado, mas o mexicano prossegue a reabilitação da lesão contraída no pé esquerdo

Os 'dragões' regressam aos treinos no Olival na sexta-feira, a partir das 09:45, numa sessão que decorrerá à porta fechada e que será a última antes da partida para o estágio em Kamen, na Alemanha, durante a tarde.

Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.