sicnot

Perfil

Desporto

66% dos atletas de alta competição usam suplementos alimentares

São os resultados de um estudo, desenvolvido pelas faculdades de Desporto e de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto que indica que 66% dos atletas portugueses de alto nível recorre a suplementos alimentares, a maioria combinando quatro produtos diferentes.

© Siegfried Modola / Reuters

"Estes dados vão a encontro do que se passa noutros países", disse à agência Lusa Mónica Sousa, coordenadora do projeto, indicando que em Portugal os suplementos mais utilizados são os multivitamínicos/minerais, as bebidas desportivas, o magnésio e a proteína.

Os resultados surgem no âmbito do projeto "Suplementos nutricionais e alimentação no desporto", cujo um dos objetivos era caracterizar a utilização de suplementos nutricionais dos atletas de alta competição em Portugal.

Para obtenção dos dados foram avaliados 304 desportistas de diversas federações (ciclismo, atletismo, triatlo, ginástica, râguebi, basquetebol, voleibol, judo, natação, basebol, andebol, boxe e esgrima), de diferentes idades, através de dois questionários.

Constatou-se que os atletas que usavam suplementos eram aqueles que "já se alimentavam melhor e que apresentavam uma menor probabilidade de ter carências em micronutrientes", nomeadamente em alguns minerais, indicou a nutricionista.

Noutro estudo associado a este projeto, pretendia-se verificar quais os efeitos resultantes da substituição dos suplementos por uma alimentação combinada.

Tendo sido a aceleração da recuperação muscular a principal razão indicada para a ingestão de suplementos, os investigadores compararam as diferenças entre o consumo de um batido com uma mistura de alimentos e o de um suplemento, tendo ambos uma composição nutricional semelhante.

Depois de medidas algumas variáveis, como é o caso do dano e do desconforto muscular, da recuperação funcional, do 'stress' oxidativo e de parâmetros metabólicos, chegou-se à conclusão de que o "padrão de recuperação era o mesmo".

A nutricionista indica que 15% dos suplementos utilizados pelos atletas estão potencialmente contaminados, podendo conter substâncias que acusam positivo no teste de 'dopping', o que pode afastar o atleta da prática desportiva oficial.

Apesar de serem "mais práticos" de utilizar e ideias para viagens, outras duas desvantagens associadas a estes produtos são o preço elevado e o sabor. "Nem sempre são fáceis de beber e podem tornar-se enjoativos com o passar do tempo", explicou a investigadora.

"Os alimentos podem ser uma alternativa a alguns suplementos desde que se façam as combinações adequadas, para além de serem mais seguros e terem uma matriz alimentar muito mais rica", afirmou ainda.

No entanto, para que as combinações alimentares resultem, "é necessária a atuação de um profissional", neste caso de um nutricionista, enquanto o suplemento já traz a composição nutricional preparada, podendo ajustar-se mais facilmente ao peso do atleta.

O projeto, desenvolvido na FCNAUP e na FADEUP, no âmbito do doutoramento em Ciências do Desporto, contou com a colaboração de investigadores da Faculdade de Medicina da UP e do Instituto de Saúde Pública do Porto e profissionais do Hospital São João.

Com Lusa

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45

    País

    Há um surto de hepatite A em Portugal. Desde janeiro, 105 pessoas foram diagnosticadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, um número superior aos casos contabilizados em todo o país nos últimos 40 anos. O surto terá começado na Holanda e está a atingir quase toda a Europa. A Direção-Geral de Saúde vai divulgar ainda esta terça-feira as normas de orientação clínica para que os médicos possam lidar da melhor maneira com este surto.

  • Bruno de Carvalho e Octávio Machado suspensos

    Desporto

    O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, e o diretor-geral para o futebol, Octávio Machado, foram esta terça-feira suspensos pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, na sequência de uma queixa apresentada pelo Benfica em novembro de 2015.

  • Corredora exausta é levada ao colo até à meta na meia maratona do amor
    1:06

    Mundo

    Aconteceu este domingo em Filadélfia, EUA. A poucos metros da meta uma corredora exausta é amparada por dois colegas. Mas o cansaço é tanto que fica sem força nas pernas. É quando aparece a terceira ajuda. Um homem volta para trás e leva-a no colo até à meta. A centímetros do fim larga-a para que a corredora possa atravessar a meta pelo seu próprio pé.

    Patrícia Almeida

  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho