sicnot

Perfil

Desporto

Ángel Villar diz que Del Bosque foi pedra fundamental na "melhor Espanha de sempre"

O presidente da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF), Ángel Villar, afirmou hoje que Del Bosque, selecionador nos últimos oito anos, foi uma pedra fundamental na construção da "melhor Espanha de sempre".

(Arquivo)

(Arquivo)

© Vasily Fedosenko / Reuters

"Del Bosque tem um valor inestimável para a RFEF desde que chegou no verão de 2008, pelos seus sucessos desportivos e pelo seu valor humano. Horas depois da eliminação da equipa em França, pedi a Del Bosque para continuar, ele tinha decidido não o fazer, e respeitámos a sua decisão e estamos agradecidos", disse, durante uma Assembleia-Geral do organismo.

Villar, durante uma homenagem a Del Bosque, enalteceu o papel do antigo selecionador nos sucessos alcançados para seleção espanhola de futebol.

"Durante os últimos oito anos a Espanha reinou na Europa e o nosso jogo tornou-se num modelo a seguir. Foi um formidável maestro desta orquestra e uma pessoa que ganhou o respeito e a admiração de todos os espanhóis. Foi uma pedra basilar na construção da melhor Espanha de sempre", defendeu.

Em relação à eliminação da Espanha no Euro2016, Villar referiu que a Itália foi superior nesse dia, considerando que "o futebol tem destas coisas".

O antigo selecionador Vicente Del Bosque ficou emocionado com a homenagem, garantindo que continua disponível para ajudar o futebol espanhol.

"Nestes oito anos tivemos de tudo: o bom, o muito bom, o regular e o mau. Mas o desporto é assim e admitir a derrota é um trabalho de todos. Agora deixo o cargo, mas se necessitarem de algo podem contar comigo", afirmou.

Vicente Del Bosque recebeu das mãos do presidente a medalha de ouro do organismo, por ultrapassar os 100 jogos com a seleção, e uma placa de reconhecimento pelo seu trajeto.

"Eu é que tenho de agradecer. Neste oito anos sentimo-nos muito cómodos e apoiados. Para mim foi uma honra", disse Del Bosque, que vai continuar na RFEF, exercendo um cargo não remunerado.

Lusa

  • Catalunha vs Espanha
    29:35

    Grande Reportagem SIC

    2017 ficará como o ano da Catalunha e de como a região espanhola foi falada em todo o mundo, por causa do grito de independência que não aconteceu. O jornalista Henrique Cymerman esteve na Catalunha e foi um dos únicos repórteres do mundo que conseguiu chegar ao esconderijo do presidente demissionário do Governo catalão, Carles Puigdemont, em Bruxelas.

  • Tiroteio em Espanha causa três mortos

    Mundo

    Um tiroteio na cidade espanhola de Teruel, na região de Aragão, fez esta quinta-feira três mortos, entre os quais dois elementos da Guardia Civil. O atirador está em fuga.

  • As IPSS são estruturantes no país. Fazem o que Estado não faz porque não pode, não quer, ou não chega a tudo. Chama-se sociedade civil a funcionar. E o Estado subsidia, ajuda, (com)participa, apoia. Nada contra. A questão é quando as IPSS e outras instituições, fundações, associações, federações e quejandas se tornam verdadeiras "indústrias".

    Pedro Cruz

  • Os Simpsons já sabiam em 1998 que a Fox iria pertencer à Disney

    Cultura

    Os Simpsons acertaram outra vez. Algo que tem acontecido regularmente nos últimos tempos, com a eleição de Donald Trump, o aparecimento do vírus Ébola ou o escândalo dos Panama Papers. Desta vez, a previsão remonta a 1998, quando a série previu que a 20th Century Fox iria pertencer à Disney.

    SIC