sicnot

Perfil

Desporto

Manchester United na China ainda sem Zlatan Ibrahimovic

O futebolista sueco Zlatan Ibrahimovic, reforço do Manchester United, vai falhar a digressão de pré-época do Manchester United, de José Mourinho, à China.

© Gonzalo Fuentes / Reuters

O internacional sueco não integra a lista de 25 convocados divulgada hoje pelo técnico português, na qual constam os reforços Eric Bailly (ex-Villarreal) e Henrikh Mikhitaryan (ex-Borussia Dortmund), bem como jogadores que estiveram no Euro 2016.

Wayne Rooney, Marcus Rashford e Chris Smalling (Inglaterra), Paddy McNair (Irlanda do Norte) e David Gea (Espanha) são os futebolistas que estiveram no Europeu que seguem na digressão dos red devils.

A equipa vai defrontar na sexta-feira o Borussia Dortmund, em Xangai, e de seguida o rival Manchester City, na segunda-feira, em Pequim.

De acordo com o Manchester United, "a longa viagem dará a Mourinho uma oportunidade boa de conhecer melhor o plantel, à medida que continua a preparação para a próxima época".

Depois da viagem à Ásia, o United tem previsto jogos particulares com o Galatasaray, a 30 de julho, e com o Everton, a 03 de agosto, seguindo-se a Supertaça, frente ao Leicester, a 07 de agosto, e a jornada inaugural da Liga inglesa, a 14 de agosto com o Bournemouth.


Lusa

  • Negócios do fogo
    22:00
  • "Não podemos gastar o dinheiro e depois os filhos e os netos é que pagam"
    2:05

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no habitual espaço de comentário no Jornal da Noite, o reembolso antecipado ao FMI. O comentador da SIC defendeu que seria mais vantajoso se Portugal reembolsasse mais depressa, antes da subida das taxas de juro. Miguel Sousa Tavares considerou ainda que o reembolso da dívida é uma boa notícia, pois seria "desleal" deixar a dívida para "os filhos e os netos" pagarem.

    Miguel Sousa Tavares

  • Os efeitos da tempestade Ana em Portugal
    1:43
  • Porque têm as tempestades nomes?
    0:49

    País

    As tempestades passaram a ter um nome, partilhado pelos serviços de meteorologia de Portugal, França e Espanha. Nuno Moreira, chefe de divisão de previsão meteorológica do IPMA, foi convidado da Edição da Noite da SIC Notícias para explicar que este método é também uma forma de sinalizar a dimensão das tempestades.

  • Fortes nevões no norte da Europa
    0:59

    Mundo

    A tempestade Ana não causou apenas estragos em Portugal, mas também na Galiza, com a queda de árvores e cheias nas zonas ribeirinhas. No norte da Europa, as baixas temperaturas provocaram fortes nevões e paralisaram a Grã-Bretanha, com voos cancelados, escolas fechadas e estradas cortadas.

  • "De repente ele estava em cima de mim a beijar-me e a apalpar-me"
    2:43