sicnot

Perfil

Desporto

Ministro suspeito em esquema de doping na Rússia suspende quatro colaboradores

O ministro do Desporto da Rússia, visado no escândalo de doping naquele país, anunciou hoje a suspensão de quatro responsáveis, na sequência de alegações de que há organismos estatais envolvidos no esquema viciado.

© Maxim Shemetov / Reuters

Com o Comité Olímpico Internacional (COI) a reunir-se hoje e sob o risco de sanções pesadas, como a própria exclusão total de atletas russos dos Jogos Olímpicos Rio 2016, Vitaly Mutko confirmou à agência de notícias R-Sport o afastamento de dirigentes que lhe são próximos.

A sua conselheira Natalya Zhelanova, os dirigentes Avak Abalyan e Irina Rodionova, e o chefe do laboratório antidoping de Moscovo, Yury Chizov, encontram-se temporariamente suspensos, após a divulgação da mais recente investigação, que obrigou o COI a uma reunião de emergência.

Um relatório do Agência Mundial Antidopagem (AMA) detalhou um elaborada esquema fraudulento, do qual o referido ministro teria conhecimento, e que envolveu 30 modalidades, com a ajuda da FSB, agência de serviços secretos da Rússia.

O Governo russo, por seu lado, mandou suspender todos os implicados e o ministro adjunto do Desporto, Yury Nagornykh, tido como um dos responsáveis pelo esquema, foi o primeiro a cair.

O relatório da AMA, assinado pelo canadiano Richard McLaren, referiu o testemunho do russo Grigory Rodchenkov, denunciante do esquema, o qual considera "inconcebível" que Mutko desconhecesse o sistema de dopagem, que o próprio refuta.

Relacionado com o relatório, a AMA sugeriu à FIFA que investigasse Mutko, membro da sua direção executiva, presidente da federação russa de futebol e um dos responsáveis pela organização do Mundial no seu país, em 2018.


Lusa

  • Costa de Metro de Odivelas para Lisboa para relembrar corrida entre burro e Ferrari
    2:55

    Autárquicas 2017

    António Costa começou hoje o dia de campanha em Odivelas, para uma viagem de Metro até Lisboa, em que recordou a célebre corrida entre um burro e um Ferrari que protagonizou em 1993 quando foi canditado do PS à Câmara de Loures. Foi nesta cidade, onde ontem à noite, que desferiu um violento ataque a Pedro Passos Coelho, acusando-o de transformar o PSD num partido que não é digno de um Estado democrático.

  • O aeroporto de Beja, um "elefante branco" na planície alentejana
    4:33
  • Paciente há 15 anos em estado vegetativo consegue seguir objetos e mexer a cabeça

    Mundo

    Um homem de 35 anos, que ficou em estado vegetativo após um acidente de viação há 15 anos, deu sinais de consciência depois de lhe ter sido aplicada uma nova técnica de estimulação nervosa. Cirurgiões implantaram no paciente um pequeno aparelho que estimula o nervo vago, responsável pela ligação nervosa entre o cérebro e o resto do corpo. A intervenção aconteceu em França e a descoberta foi publicada na revista científica Current Biology.