sicnot

Perfil

Desporto

Mario Götze regressa ao Dortmund após três épocas no Bayern

© Reuters Staff / Reuters

O internacional alemão Mario Götze vai regressar ao Borussia Dortmund, clube no qual o futebolista se formou, depois de três temporadas no Bayern Munique, anunciou hoje o vice-campeão alemão.

"Quando sai do Dortmund para o Bayern tomei uma decisão consciente, não posso esconder. Três anos depois, com 24 anos, olho para a decisão de forma diferente, compreendo perfeitamente os adeptos que não a aceitaram, mas eu quero convencê-los a todos com o meu desempenho. Quero o melhor para todos: para o clube e para os adeptos do Dortmund", disse Götze.

O médio, autor do golo da vitória da Alemanha na final do Mundial 2014, no prolongamento, após o nulo frente à Argentina, vai assinar novo contrato com o Dortmund e submeter-se a testes médicos nos próximos dias, assinala o clube.

De acordo com a comunicação social alemã, o Dortmund vai pagar 22 milhões de euros pela aquisição do médio, que vendeu pelo valor da cláusula de rescisão, 37 milhões de euros, no início da época 2013714.

Götze tinha sido um dos elementos fulcrais nas vitórias do Dortmund em 2010/11 e 2011/12 e na caminhada para a final da Liga dos Campeões de 2012/13, que perdeu para o Bayern Munique (2-1).

Nas três temporadas ao serviço dos bávaros, Götze conquistou três títulos de campeão alemão e duas Taças da Alemanha, além de um Mundial de Clubes e uma Supertaça Europeia.

O médio tornou-se na sétima contratação do Dortmund para a próxima época, depois do português Raphael Guerreiro (ex-Lorient), do dinamarquês Emre Mor (ex-Nordsjaelland), dos espanhóis Marc Bartra (ex-FC Barcelona) e Mikel Merino (ex-Osasuna) e do francês Ousmane Dembelé (ex-Rennes).

No sentido inverso, saíram do clube Henrich Mchitaryan, para o Manchester United, Mats Hummels, para o Bayern, e Ilkay Gündogan, para o Manchester City.

Lusa

  • Primeiro-ministro agradece sacrifícios dos portugueses
    0:46

    Economia

    O primeiro-ministro diz que os números do INE em relação ao défice de 2016 são prova de que havia uma alternativa e deixou uma palavra de agradecimento aos portugueses. As declarações de António Costa foram feiras aos jornalistas em Roma, onde se encontra para assinalar no sábado os 60 anos da União Europeia.

  • Jerónimo diz que UE vai continuar a causar constrangimentos a Portugal
    0:35

    Economia

    Esta sexta-feira na inauguração de uma exposição em Almada que denuncia a precariedade dos postos de trabalho, Jerónimo de Sousa falou sobre o défice de 2016. Para o secretário-geral do PCP, apesar do Governo ter ido além do exigido por Bruxelas, a União Europeia vai continuar a impedir Portugal de crescer.

  • Enfermeiros desconvocam greve

    País

    O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) desconvocou esta sexta-feira a greve geral nacional marcada para quinta e sexta-feira da próxima semana, anunciou o presidente da estrutura, justificando com os compromissos assumidos pelo Ministério da Saúde.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.

  • Probido fumar na praia? Não-fumadores aplaudem ideia
    1:33

    País

    O Comissário Europeu da Saúde defende uma proibição total do consumo de tabaco no espaço público. Esta e outras medidas foram defendidas, ontem, na Conferência Tabaco e Saúde da Liga Portuguesa Contra o Cancro. 

  • Visitar o Titanic vai custar 97 mil euros por pessoa

    Mundo

    Uma viagem a bordo do Titanic em 1912 era considerada uma viagem de luxo. Mais de 100 anos depois, continua a ser um luxo visitar o Titanic. Em 2018, vai ser possível conhecer os restos daquele que em tempos foi o maior navio do mundo. Contudo, nem todos vão poder fazê-lo, pois a viagem irá custar cerca de 97 mil euros por pessoa.