sicnot

Perfil

Desporto

Portugal perde com França e falha final do Euro sub-19

A seleção portuguesa de futebol de sub-19 falhou hoje a presença na final do europeu ao perder com a França por 3-1, num jogo das meias-finais da prova, disputado em Manheim, na Alemanha.

A3796/_Uwe Anspach

O conjunto orientado por Emílio Peixe adiantou-se no marcador logo aos três minutos, por Pedro Pacheco, mas os gauleses reagiram e igualaram ainda antes do intervelo, através de Blas, aos 10 minutos. Dois golos de Mbappé, aos 67 e 75 minutos, completaram a reviravolta e ditaram o triunfo gaulês.

Na final, a França vai defrontar a Itália, que na outra meia-final derrotou a Inglaterra por 2-1. As quatro equipas que disputaram as meias-finais, juntamente com o vencedor do embate de hoje entre Alemanha e Holanda, vão disputar o mundial de sub-20 de 2017, que decorrerá na Coreia do Sul.

Lusa

  • Quando se pode circular pela esquerda? A GNR explica (e fiscaliza)
    5:46

    Edição da Manhã

    A regra aplica-se a autoestradas e outras vias com esse perfil mas dentro das localidades há exceções. A Guarda Nacional Republicana está a promover em todo o território nacional várias ações de sensibilização e fiscalização no sentido de prevenir e reprimir a circulação de veículos pela via do meio ou da esquerda quando não exista tráfego nas vias da direita. O major Paulo Gomes, da GNR, esteve na Edição da Manhã. 

  • Jovens impedidas de embarcar de leggings

    Mundo

    A moda das calças-elásticas-super-justas volta a fazer estragos. Desta vez nos EUA onde duas adolescentes foram impedidas de embarcar num voo da United Airlines devido à indumentária, que não cumpria com as regras dos tripulantes ou acompanhantes da companhia aérea norte-americana.

    Manuela Vicêncio

  • O pedido de desculpas de Dijsselbloem
    2:12

    Mundo

    O Governo português continua a mostrar a indignação que diz sentir perante as declarações do presidente do Eurogrupo. O ministro dos Negócios Estrangeiros português garante que com Dijsselbloem "não há conversa possível". Jeroen Dijsselbloem começou por recusar pedir desculpa mas depois cedeu perante a onda de indignação.

  • A primeira vez do Sr. Árbitro
    12:41