sicnot

Perfil

Desporto

Gastão Elias qualifica-se para as meias-finais do torneio de Umag

© Vincent Kessler / Reuters

O tenista português Gastão Elias qualificou-se hoje pela segunda vez consecutiva para as meias-finais de um torneio ATP, ao bater o espanhol Pablo Carreño-Busta, sexto cabeça de série, em Umag, na Croácia.

Nos quartos de final, frente ao finalista vencido do Estoril Open de 2016 e 56.º do mundo, Gastão Elias, 72.º, impôs-se em dois 'sets', por 6-4, 6-4, em uma hora e 12 minutos.

"Foi um jogo um pouco estranho. Estava muito cansado e queria começar da melhor maneira para conseguir aguentar a um bom nível o tempo suficiente para ganhar. Senti que ele entrou um pouco nervoso e aproveitei bem isso. No segundo 'set', percebi que ele baixou muito os braços depois do segundo 'break' e aproveitei bem as oportunidades até ao 5-0. Depois, por conta um pouco do nervosismo, deixei que ele quase chegasse ao 5-5, mas consegui jogar a um grande nível para fechar no 5-4", resumiu à agência Lusa o número dois nacional.

O tenista da Lourinhã tinha-se estreado na semana passada em meias-finais de torneios ATP, ao atingir essa fase no torneio de Bastad, na Suécia.

"Acredito que tenho nível para chegar a estas fases de torneios ATP, mas não estava à espera de estar em duas 'meias' seguidas", assumiu.

Na busca pela primeira final da carreira, Gastão Elias vai agora defrontar o italiano Fábio Fognini, quarto cabeça de série, que hoje derrotou o bósnio Damir Dzumhur por 4-6, 6-1 e 6-1.

Lusa

  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39
  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O diretor de informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Celebridades protestam contra Donald Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Encontrados dez sobreviventes no hotel engolido por um avalanche em Itália
    1:44
  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.