sicnot

Perfil

Desporto

Cristiano Ronaldo garante não estar obcecado com a Bola de Ouro

© Regis Duvignau / Reuters

O futebolista Cristiano Ronaldo garantiu hoje que não está obcecado com a conquista da Bola de Ouro, apesar de admitir estar numa boa posição graças às conquistas do Campeonato da Europa e da Liga dos Campeões.

"A Bola de Ouro não depende de mim. Como já disse muitas vezes, os troféus individuais vêm sempre de uma forma natural. Não estou obcecado com isso. Sei que estou num lugar bom depois de ganhar a Liga dos Campeões e o Europeu, o que também é importante", afirmou aos jornalistas no Funchal, depois de ter visto as novas instalações do Museu CR7.

O internacional português admitiu que 2016 terá sido o ano mais importante da carreira em termos de troféus, sendo que o Campeonato da Europa é o próximo a se juntar ao museu, embora não haja ainda uma data específica.

A recuperar de uma lesão contraída na final do Euro2016, diante da França, Ronaldo confirmou que não vai jogar a Supertaça Europeia, a 09 de agosto, frente ao Sevilha, e deixou em aberto a possibilidade de renovar com o Real Madrid.

"Estou completamente descartado para dia 09 até porque o meu regresso é dia 10, não há hipótese nenhuma. Acerca da renovação, falei com o presidente ao telefone e, quando chegar a Madrid, vamos falar sobre isso. Obviamente, é algo que eu quero, já referi muitas vezes, o clube também quer, mas só em breve é que vamos ter coisas mais concretas", comentou.

Com o seu nome no aeroporto da Madeira e no Porto do Funchal, o avançado madeirense disse ser um privilégio ser homenageado na terra natal.

"Que posso pedir mais? Foi algo único, tendo apenas 31 anos e já ser reconhecido, também na Praça do Mar, agora Praça CR7. Estou muito feliz, são aqui as minhas origens, foi aqui onde me formei, é aqui onde tenho a minha família, onde cresci para o mundo do futebol", respondeu, pretendo retribuir com "boas exibições, bons golos e, se possível, muitos troféus" para os portugueses e, em especial, os madeirenses.

Ronaldo aproveitou também para desejar sorte à seleção olímpica portuguesa, que vai participar nos Jogos do Rio2016, e deu o exemplo do Euro2016.

"Obviamente, não somos os favoritos, nunca somos, e isso é bom. Partimos em desvantagem nesse aspeto mas, dentro de campo, as coisas mudam. Também não éramos favoritos em França e ganhámos o Europeu. Desejo boa sorte, pensem positivo, trabalhem bastante como equipa porque tudo é possível", referiu.

Lusa