sicnot

Perfil

Desporto

Maiores veleiros do mundo despedem-se de Lisboa hoje

Maiores veleiros do mundo despedem-se de Lisboa hoje

Termina hoje a The Tall Ship Race. A regata que começou em Antuérpia, na Bélgica, segue agora rumo a Cádis. Cerca de cinquenta veleiros de todo o mundo estiveram em Lisboa e foram visitados por milhares de portugueses e estrangeiros ao longo de quatro dias.

  • Veleiros mais rápidos do mundo estão em Lisboa
    1:25

    País

    Os mais rápidos veleiros do mundo estão novamente de passagem por Lisboa. A edição deste ano conta com 60 embarcações, que entram numa regata e que é possível admirar e até visitar. O evento realiza-se no Terminal de Cruzeiros de Lisboa, entre Santa Apolónia e o Terreiro do Paço.

  • Os (maus) hábitos do português ao volante
    1:31

    País

    Os condutores portugueses estão a usar cada vez mais o carro e cada vez menos os transportes públicos. Um inquérito apresentado esta terça-feira pelo Automóvel Clube de Portugal (ACP) mostra que quase metade admite falar ao telemóvel enquanto conduz e cerca de um quinto já adormeceu ao volante enquanto conduzia.

  • E os nomeados são... conhecidos hoje

    Cultura

    São, esta terça-feira, conhecidos os nomeados para os Óscares. O anúncio vai ser feito a partir de Los Angeles quando forem 13h00 em Lisboa e seguido em direto numa emissão especial da SIC Notícias.

    Aqui a partir das 13:00

  • Centeno promete avançar com reformas para a zona euro
    1:45

    Economia

    Mário Centeno liderou esta segunda-feira a primeira reunião do Eurogrupo. O ministro das Finanças português prometeu pôr mãos à obra para reformar a zona euro e, sem se comprometer com datas, deixou a porta entreaberta à entrada da Bulgária na zona euro.

  • "Shutdown" nos EUA chegou ao fim
    1:05
  • Papa pede perdão a vítimas de abusos por ter usado expressão "menos feliz"
    1:21

    Mundo

    No final da visita à América Latina, já no avião de regresso a Roma, o Papa Francisco pediu desculpa às vítimas de abusos sexuais no Chile. O líder da Igreja católica considerou que utilzou uma expressão menos "feliz" quando saiu em defesa do bispo Juan Barros, exigindo "provas" a quem o acusa de não ter agido.