sicnot

Perfil

Desporto

Daniel Mestre defende camisola amarela na estreia do salto de Fafe

NUNO VEIGA

Daniel Mestre (Efapel) defende hoje a sua liderança nos 160 quilómetros da segunda etapa da 78.ª Volta a Portugal em bicicleta, entre Viana do Castelo e Fafe, onde a meta é antecedida pelo emblemático salto percorrido nos ralis.

O corredor português, natural de Almodôvar, chegou ao topo da classificação geral ao vencer a primeira tirada na quinta-feira, em Braga, depois de ter sido quarto no prólogo, dispondo de seis segundos de vantagem sobre José Gonçalves (Caja Rural) e de nove para o seu chefe de fila Jóni Brandão, segundo e terceiro classificados, respetivamente.

O pelotão vai iniciar os 160 quilómetros da segunda etapa em linha às 13:00, na Avenida Marginal de Viana do Castelo, rumo a Fafe, onde, mais uma vez, cruza por duas vezes a meta, antes da chegada prevista para as 17:21, depois de enfrentar o Salto da Pedra Sentada, com um prémio de montanha de segunda categoria (142 km).

O habitualmente espetacular 'palco' do Rali de Portugal, no troço da Lameirinha, antecede, com os cerca de 2,2 quilómetros em estrada de terra, a descida para a meta, instalada na Praça 25 de Abril de Fafe.

Ao longo da jornada, os 142 corredores que terminaram a primeira tirada -- o dinamarquês Frederik Zeuner (Christina Jewelry) foi o primeiro desistente após uma queda -- vão enfrentar outras três contagens do prémio de montanha, uma de quarta categoria, no Alto de Covide (69,1 km), outra de segunda, em Caniçada (84,2), e uma de quarta, em Golães (125).

Até à previsível chegada ao 'sprint' em Fafe, os elementos mais velozes podem testar a prontidão em três metas volantes, a primeira em Barroselas (10,3), terra natal do chefe de fila da Rádio Popular-Boavista, Rui Sousa, seguindo-se Terras de Bouro (58,5) e outra já na malha urbana fafense (128,8).

Lusa

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi o deputado eleito pelo círculo de Braga. Agora vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Esta saída pode colocar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.